Eleições 2020: Saúde

O coronavírus também acendeu um alerta quanto a necessidade de planejamento e cuidados com a saúde da população. Quais são as suas principais propostas para a área?

Adriana Afonso (PL)

Pretendemos estender o horário dos Cemeg’s e UBS’s, até 00h e 22h, respectivamente, essa extensão, naturalmente reduzirá a grande carga atual nos hospitais e UPA’s na cidade. Além disso, implantaremos a Gestão 5.0 na saúde, adotando tecnologias e inteligência artificial na gestão hospitalar, aumentando a eficiência do atendimento.

Auriel Brito (PCdoB)

Melhorar o atendimento às famílias, prevenindo muitas doenças, junto com a ocupação de praças com profissionais de educação física para garantir mais saúde ao nosso povo, principalmente o mais velho. Ampliaremos os horários de funcionamento das UBS’s até às 22 horas, levaremos atendimentos de especialidades as periferias de nossa cidade e garantiremos laboratórios funcionando aos sábados para atender aqueles que durante a semana não conseguem fazer exames.

Eduardo Barreto (Pros)

Nossas principais propostas para a Saúde são: ampliação de atendimento das UBS, para horários noturnos e sábados; redução do tempo de espera no agendamento ambulatorial, com a utilização de aplicativos e da Telemedicina nas especialidades que se mostrarem eficazes; programa EFICIENTE, transporte exclusivo ambulatorial para pessoas com deficiência para atendimento de consultas e exames no munícipio; informatização de todo o sistema de saúde, a fim de implantarmos o prontuário ​eletrônico; entrega de medicamento em casa, para pacientes que fazem uso de medicamento de uso ​prolongado ou contínuo; implantação de centro de especialidades em todas as regiões; realização de mutirões para exames e procedimentos essenciais.

Elói Pietá (PT)

A coordenação de campanha enviou a seguinte nota à redação da Folha Metropolitana: Decidiu-se, nesse momento, não participar da série promovida por vocês. Qualquer questão/opinião pública do Elói Pietá na campanha em questão pode ser conferida no link https://www.facebook.com/eloipietaoficial”.

Fran Corrêa (PSDB)

Se formos trabalhar com Organizações de Saúde (OS), que estas ofereçam serviços de qualidade, que, de fato, atendam com excelência a população. Esses dias, mesmo, visitei o Hospital da Criança, e fiquei impressionada ao conversar com uma mãe que estava saindo do local às 23h30, sendo que chegou com o filho para passar com um médico às 16 horas. É um absurdo esperar por mais de sete horas por acolhimento. A atenção básica de Guarulhos, inclusive, nunca esteve tão fragilizada na história recente de nossa cidade. Toda a economia que vamos fazer nos primeiros meses de governo com a revisão de contratos e o número de cargos comissionados será revertida para melhorar a Saúde. A intenção é acabar com a fila para consultas, cirurgias e exames, e com a falta de medicamentos nos postos, também.

Guti (PSD)

Assim como qualquer cidade do país, a área da saúde ainda não está da maneira que eu gostaria e que o guarulhense merece. No entanto, os resultados desta pandemia demonstraram que Guarulhos soube enfrentar o problema. Mas, passados os momentos mais difíceis, vamos concluir os dois andares abandonados pelas gestões anteriores desde 2006 do Hospital Pimentas, além de construir o novo hospital da criança, que batizamos de HC GRU. Também temos uma solução efetiva para promover a contratação imediata de mais médicos para dar o suporte necessário na atenção básica.

Jovino Cândido (PV)

A saúde, ela só é saúde quando ela é preventiva, um programa muito intenso e muito sério, sobre prevenção com as principais doenças que assombram a cidade. Precisamos melhorar programas de Saúde da Família onde se acompanha de perto as necessidades de cada cidadão. Temos necessidades na área da saúde muito sérias, como a maternidade Jesus José e Maria que precisa comprar uma nova autoclave e pede para a população ajudar doando os anéis das latinhas para que possam adquirir o equipamento. Este importante hospital que realiza atendimentos com excelência precisa não só da ajuda da comunidade, mas também do poder público, se não suas portas vão fechar.

Néfi Tales Filho (PSL)

Néfi Tales Filho renunciou a sua candidatura à Prefeitura de Guarulhos nesta terça-feira (20).

Rodrigo Tavares (PRTB)

Desde antes do coronavírus nossa saúde já vinha mal. O Governo Guti fez terceirizações desastrosas, como no caso do HMU e HMCA com a OS Gerir e Birigui, que está envolvida em casos de corrupção. Com o coronavírus e afastamento da lei de licitações, contratamos máscaras a R$ 6,20 e foram gastos mais de R$ 40 milhões com a tenda do Cecap! O MP está investigando. Investiremos no saneamento básico com o marco regulatório do saneamento básico do governo federal, na atenção primária estender o horário de atendimento das unidades de saúde na média 3h a mais por dia, aumentar o PSF (Programa saúde da Família), realizar o mutirão de exames, discutir as 30h da enfermagem, trazer o programa de telemedicina com especialistas e implementar as 2 alas do Hospital Pimentas e Instituto da Mulher. 

Sandra Santos (PDT)

No caso da saúde, de imediato, pretendo dar uma maior valorização, remuneração e segurança aos funcionários da saúde do nosso município. Ao mesmo tempo, vou procurar ampliar os atendimentos nas unidades de saúde e contratar mais profissionais nas diversas áreas, tanto de prevenção como de especialidades. Também irei criar debates com a população para descobrir melhores soluções para esse setor no município. Isso com certeza dará um caminho mais preciso sobre a atual situação da saúde em Guarulhos. Não podemos mais fechar os olhos para os casos de pessoas que esperam meses para conseguir fazer um mero exame.  No mais, precisamos urgentemente retomar o ritmo normal nos postos de saúde e nos atendimentos que foram adiados por causa da pandemia. 

Simone Carleto (PSOL)

Com o argumento de “nova política” a atual gestão prometeu eficiência e só piorou o atendimento de saúde. Dentistas ficaram parados sem material, a população ficou sem próteses parciais por falta de contrato e nem mesmo as ações de saúde bucal foram feitas. Hoje uma mulher espera mais de um ano para fazer um exame de Papanicolau e não tem acesso ao ginecologista. Vamos garantir em todos os equipamentos de saúde medicamentos, materiais e condições de trabalho dignas para os servidores. Humanizar o atendimento em todas as áreas, abrir concursos para especialistas, inaugurar o hospital da mulher e combater a violência sexual e obstétrica, contratando enfermeiras obstétricas e humanizando os partos. E construiremos novas unidades onde o povo mais precisa.

Wagner Freitas (PTB)

É inaceitável termos o pior serviço de saúde do país! A primeira medida que o prefeito tomou na área da saúde foi conceder a empresa Gerir, uma empresa estelionatária que figura em nome de laranja, o gerenciamento da saúde pública de Guarulhos, durante 3 anos e meio a saúde de Guarulhos tem sido um caos, uma consulta só para daqui a 8 meses, a UPA Paraíso fechada para reforma, fechada quase 3 anos! Em São José dos Campos foi construído um centro de combate ao Coronavírus em 45 dias, que custou 12 milhões de reais, Guarulhos alugou uma lona de circo por R$ 40 milhões, se isso não é roubo, então o que é? Eu não vou roubar o dinheiro da saúde pública de Guarulhos, eu vou ser o prefeito que vou colocar médicos nos postos de saúde!

*As respostas são de responsabilidade dos candidatos e têm tamanho máximo de 800 caracteres com espaço.