Dr. Cristiano Medina da Rocharecebe Título de Cidadão Benemérito

Foto: Karina Yamada/CMG
- PUBLICIDADE -

A Câmara Municipal de Guarulhos promoveu, na última segunda-feira (23), a solenidade de concessão de Título de Cidadão Benemérito ao Dr. Cristiano Medina da Rocha, ele que é advogado e professor de Direito. A homenagem foi proposta pela vereadora Marcia Taschetti (PP), por meio do Decreto Legislativo n° 9, de 7 de agosto de 2023. A abertura da sessão foi presidida pelo chefe do Legislativo, Ticiano Americano (Cidadania), que passou a condução dos trabalhos para a parlamentar.

Diversos vereadores e demais autoridades da cidade comparecerem ao evento. Compondo a mesa, estavam o secretário Municipal de Governo, Edmilson Americano, que representou o prefeito Guti; Leandro Jorge Bittencourt Cano, juiz de Direito da Vara de Violência Doméstica; e Antonio Darci Pannocchia, vereador no período de 1964 a 1968 e presidente da Câmara Municipal de Guarulhos em 1966.

A vereadora Marcia explicou o que a motivou a propor a outorga de Título de Cidadão Benemérito a Medina, que foi seu professor na faculdade e no cursinho preparatório para o exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). “Além de ser um excelente professor e de prestar um grande serviço como profissional do Direito na nossa cidade, ele exerce trabalhos sociais importantes. Entre eles, estão o combate à violência contra a mulher e a proteção à criança, tendo auxiliado na conclusão da Lei Federal Henry Borel”, disse.

Medina considera uma honra receber essa homenagem do Poder Legislativo guarulhense. “Hoje, por sinal, é o meu aniversário, então estou sendo presenteado com algo de extrema importância para mim, porque sou filho de Guarulhos, nasci na cidade, me formei aqui e tenho exercido já há mais de 20 anos a advocacia e também o magistério aqui no nosso município. Eu amo Guarulhos de paixão e vou guardar esse Título no fundo do meu coração”.

Casos de repercussão nacional

Em mais de 24 anos no exercício da advocacia, Medina atuou em inúmeros casos de repercussão nas mídias locais e internacionais. Especializou-se na defesa dos direitos das vítimas que sofrem com atos cruéis perpetrados por criminosos, sendo inúmeros os casos
de assassinos que foram condenados por intervenção de sua atuação como assistente de acusação.

Entre os mais conhecidos, estão Bianca Consoli, jovem que foi estuprada e morta pelo cunhado, e Nicollas Maciel Franco, de 6 anos, que foi jogado da Ponte da Vila Maria pelo próprio pai. “Atualmente, estou à frente de um dos casos mais emblemáticos do país, que é o caso Henry Borel. Lá, estou acusando o vereador Jairo e a Monique, mãe do garoto, por terem torturado e matado aquela criança. Além disso, consegui também aqui, junto da vereadora
e do presidente Ticiano, apresentar um projeto de lei regulamentandoa Lei Federal Henry Borel, para que possamos proteger as crianças do nosso município contra esses absurdos que, muitas vezes, são praticados pelos próprios pais”, disse Medina.

- PUBLICIDADE -