Diversifique a sua renda. Tenha uma vida mais segura.

Dando continuidade no artigo anterior, “Por que eu não saio do vermelho?” quero mostrar a todos que podemos aumentar nossa renda, sem sair do emprego atual. Até por que o seu emprego não é tão seguro assim. Hoje milhares de pessoas ficam desempregadas e sem opção de renda. O importante na nossa geração é diversificar a renda, ter mais do que uma opção de ganhos. Manter o emprego formal e o “bico” para complementar o faturamento domiciliar.

Hoje a segurança de muitas pessoas é a carteira de trabalho assinada, para garantir a aposentadoria no restinho de tempo que temos de vida, onde a saúde já está um pouco abastada pela idade e o pique já não é mais o mesmo. Mas, o importante nessa fase da vida é ter uma aposentadoria indigna (considerando pequeno valor da aposentadoria). E enxergamos o tempo perdido que não pode mais voltar.

Nós normalmente não fazemos planos e quando fazemos não o seguimos. O importante é seguir o plano, mesmo que haja alguma alteração. Vamos pensar em cinco a dez anos e criar um plano para renda adicional, para curtir ainda a vida quando temos um folego maior.

Nesse tempo, conforme disse no outro artigo, você pode começar a criar rendas adicionais vendendo pipoca, churrasco, perfume, doces. E parte dessa renda pagar uma previdência privada durante esses dez anos. Imagine só, o valor que você terá juntando R$ 500,00 por mês durante 10 anos. Nós estamos falando de R$ 60 mil sem juros nenhum. Numa conta de português (sou filho de português) isso me renderá R$ 300,00 por mês. Você já começa a perceber que o próprio dinheiro começa a trabalhar pra você.

Tem outras pessoas que com esse valor pode comprar uma casinha velha e dar uma reformada e aluga-la. Ou comprar um carro para transporte. Tem mil opções, agora só depende da sua criatividade. O importante é termos mais do que uma opção de renda. Para não sermos pegos de surpresa. Faça a vida valer a pena, mude o foco tradicional e falido do seu pensamento e corra para o abraço.

Você pode estar pensando que falar é fácil. Porém, esse foi o método que achei para sair do vermelho e ter um pouco mais de tranquilidade financeira.

Faça a lição de casa, aplique o seu dinheiro em ativos e faça o dinheiro trabalhar pra você.

Boa Sorte!