Direto e Reto com Roberto Samuel

Diga ao povo que fico!

Questionando pela enésima vez sobre sua permanência no Partido dos Trabalhadores, Elói Pietá explanou: “Os que saíram do PT não se deram muito bem. O Orlando Fantazzini sumiu, os então vereadores José Carlos Dalan e Edson Albertão não conseguiram a reeleição”.

Celestino X Almeida

Pietá também destacou a votação ínfima do ex-prefeito Sebastião Almeida (PDT) na eleição de 2018 para deputado federal: 6.095 votos em Guarulhos. Segundo Pietá, quem sai do partido não leva os votos da militância. Para o ex-prefeito, o vereador Geraldo Celestino (PSDB) foi a única exceção. Celestino está em seu sétimo mandato!

Esperando a benção

O presidente do PDT, Armando Matos, anda bem animado com seus pré-candidatos. Afirmou, por exemplo, que o líder sindical Barros, ligado ao Sindicato dos Metalúrgicos disputará uma cadeira do Legislativo. Mais cauteloso, o sindicalista espera primeiro a “benção” da direção de sua entidade para se manifestar.

Apoio indispensável

Vale lembrar que o ex-vereador Heleno Metalúrgico (PDT) tentou a reeleição para a Câmara em 2016, mas alega que não teve apoio, nem a benção da direção dos Metalúrgicos, assim ficou distante da Casa Legislativa. E o presidente Pereira?

Haja fôlego

O presidente da ACE Guarulhos, Willian Paneque, realizou no último domingo o 5° almoço e negócios, conseguindo reunir empresários e políticos da cidade. Paneque acumula agora, além da presidência da ACE, também o comando do SDCETI, Secretaria de Desenvolvimento, Científico, Tecnológico e de Inovação, e a vice-presidência da Região Administrativa 3- RA3 Alto Tietê da Facesp.

Time já tem até reserva

O presidente do PSDB, vereador Lauri Rocha, foi um dos políticos que marcaram presença no almoço promovido pela ACE. William Paneque, é suplente de vereador pelo PSDB e já assumiu a cadeira de parlamentar em diversas ocasiões, assim Lauri demostra seu desejo de que Paneque permaneça na legenda. Em conversa com amigos, ele confirmou que já existem pelo menos três nomes para ser candidato a prefeito se alguém roer a corda, já tem.

No menu

Os presidentes de partidos estão acelerando para conquistar o maior número de pessoas com boas chances de obter votações expressivas em 2020. O ex-vereador e atual presidente do DC (Democracia Cristã), Ezio Balbino, almoçou com o empresário Anselmo Ramos e com caneta em punho traçava estratégias e possibilidades para o ano que vem.

Novos e antigos

Pelo menos 30 ex-parlamentares bem estruturados devem tentar voltar à Câmara. Mesmo não conseguindo se reeleger, alguns ainda assustam pela quantidade de votos que podem conquistar.  Assim presidentes de partidos tem optado por candidatos/empresários com formação técnica e articulação para agregar valores e recursos à legenda.