Diálogos em Rede aborda a educação integral na educação infantil

Da Redação

Conferências, relatos de experiências, roteiros socioambientais, entre outras atividades integraram a programação do Diálogos em Rede, ação formativa realizada com profissionais de educação da rede municipal no Adamastor Centro. Hoje, dentre os temas abordados, estavam a educação integral na educação infantil, a neurociência e a ação docente para aprendizagem e desenvolvimento dos bebês. A programação se estende até amanhã.

A conferência sobre educação integral na educação infantil trouxe a palestrante Zilma de Moraes Ramos de Oliveira, mestre em psicologia da educação e doutora em psicologia experimental pela Universidade de São Paulo. Zilma falou sobre a noção de experiência como desafio conceitual à implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) da educação infantil, que trata dos direitos das crianças e das aprendizagens que se formam na relação lúdica e interativa com campos de experiências.

“Cada um de nós tem um jeito de reagir a uma situação, cada um tem um impacto pessoal. A mesma coisa acontece com as crianças. Se duas crianças estão desenhando, cada desenho tem um significado, uma experiência diferente, por isso a necessidade de entender suas importantes vivências para que sejam significativas, planejadas e avaliadas”, destacou.

Nos relatos de experiência sobre a neurociência na educação infantil, professores das escolas da prefeitura compartilharam suas experiências, como algumas dificuldades comportamentais dos alunos, contação de histórias e musicalização. A palestrante Adriana Leandro de Sousa ressaltou a importância da relação com os pais para a solução dos problemas, o registro do professor sobre os sinais apresentados pela criança no processo de desenvolvimento e quais os meios de apoio que a gestão escolar deve oferecer, como o Programa Saúde na Escola (PSE), que tem como objetivo contribuir para a formação integral dos estudantes.

A programação contou ainda com a apresentação teatral em Libras dos alunos surdos da EPG Crispiniano Soares, com tradução simultânea para o português e relatos de experiências sobre Conselho Participativo de Classe e Ciclo.

Roteiros socioambientais

O Diálogos em Rede ofereceu uma intensa programação de roteiros socioambientais ao longo da semana. Os professores tiveram a oportunidade de visitar e conhecer diferentes locais de Guarulhos, como o Núcleo Cabuçu, uma valiosa área com vegetação dentro da cidade de Guarulhos e protegida de mananciais, o Zoológico Municipal e o Sesc Guarulhos, com o roteiro de todas as ações propostas para o espaço, com foco nas ações realizadas pelo Centro de Educação Ambiental da instituição.

Em São Paulo foi realizado roteiro para o Museu Catavento, criado para incentivar a divulgação científica e provocar a interação do acervo com o público, e também para o Museu da Imigração,que preserva a memória das pessoas que chegaram ao Brasil por meio da Hospedaria dos Imigrantes.

Já nesta sexta-feira, os roteiros socioambientais encerram com a trilha no Bosque Maia, apresentando toda a diversidade da fauna e flora presentes no local.

Fonte: Prefeitura de Guarulhos