Defesa Civil alerta para o risco de incêndios com a queda da umidade do ar


Com a previsão de umidade do ar abaixo de 30% e quedas bruscas de temperatura para os próximos dias em Guarulhos, a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil chama a atenção dos moradores para o potencial ampliado de incêndios que devem afetar o município até o fim do inverno, em 22 de setembro, e alerta sobre as medidas de prevenção aos gatilhos de fogo.

O perigo durante essas épocas é ainda maior em áreas de vegetação seca, onde o fogo se alastra rapidamente e pode causar danos irreversíveis à natureza, risco de morte e prejuízos à saúde da população local. De acordo com o Corpo de Bombeiros, 15 incêndios em matas foram registrados em Guarulhos no mês de junho, quando a massa de ar frio e seco começou. Em 2021, junho e julho somaram 82 ocorrências.

“Mesmo os atos que parecem inofensivos podem causar estragos, como acender fogueiras em festas e jogar cigarros acesos ou fósforos às margens das rodovias ou em terrenos baldios. É imprescindível que os resíduos sejam sempre descartados com segurança”, salienta o coordenador da Defesa Civil, Waldir Pires.

Um dos maiores vilões ambientais enfrentados pelos agentes são as queimadas de lixo e de entulhos em matas, práticas enquadradas como crime ambiental pelo artigo 54 da lei federal 9.605/98. A Prefeitura de Guarulhos oferece uma série de opções para destinar corretamente esses resíduos inservíveis, como o Ecoponto, que possui 24 polos espalhados pela cidade e recebe gratuitamente materiais de construção, podas de árvores e móveis, bem como o Cata-Treco, uma operação gratuita que recolhe nos fins de semana móveis velhos, madeiras, eletrodomésticos, eletrônicos, colchões e demais materiais recicláveis. Já as garrafas PET e demais embalagens plásticas, potes de vidro, isopor, metal e papelão são recolhidos pelo serviço semanal de coleta seletiva.

A soltura de balões, instigada pelos períodos de estiagem, representa perigo à vida e pode provocar a destruição de áreas florestais. A prática é crime ambiental previsto no artigo 42 da lei federal 9.605/98 e também infringe o Código Brasileiro Aeronáutico. Em cidades aeroportuárias ainda há a possibilidade de colidir com aeronaves ou de causar turbulências, como ocorreu no último domingo (3), quando diversas aeronaves que chegavam a Guarulhos foram forçadas a desviar de um balão de grande porte.

Serviço

O Corpo de Bombeiros é o órgão responsável por lidar com grandes incêndios e atende pelo telefone 193. Em apoio ao órgão, a brigada de incêndio da Prefeitura faz o combate a pequenos focos de fogo em matas quando chamada e pode ser acionada 24 horas, todos os dias da semana, pelo telefone 199, da Defesa Civil.

- PUBLICIDADE -