Cresce em 33% o número de alunos com autismo atendidos pela Educação de SP

Da Redação

O número de alunos com transtorno do espectro autista (TEA) atendidos pela rede estadual de São Paulo cresceu 33% no último ano. No total, a rede estadual de São Paulo e as instituições conveniadas atendem juntas 7.788 alunos com autismo, segundo dados de janeiro deste ano. Em maio do ano passado, eram 5.828 matrículas. Nesta terça-feira (02) é comemorado o Dia Mundial de Conscientização do Autismo.

Somente nas escolas estaduais de São Paulo houve um aumento de 30% no último ano. Em maio do ano passado, o número de alunos com autismo na rede era 4.031; em janeiro deste ano, as matrículas saltaram para 5.261.

Se comparado a maio de 2016, o aumento na matrícula de alunos autistas na rede estadual de São Paulo somente nas escolas regulares cresceu 94%. Em 2016, eram 2.711; hoje são 5.261.

Cresceu também o número de alunos com autismo atendidos exclusivamente por meio de Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) e outras instituições conveniadas. Houve um aumento de 40% no último ano. Em 2018, havia 1.797 alunos atendidos por meio dessas entidades; agora em 2019 são 2.527.

Imagem: Freepik