Covid-19: Doria cria Corregedoria Extraordinária para fiscalizar todas as compras

Da Redação

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), criou uma Corregedoria Setorial Extraordinária para acompanhar e monitorar as aquisições de bens, serviços e insumos para o combate à pandemia do novo coronavírus. A corregedoria também vai fiscalizar todas as parcerias estabelecidas pelo governo estadual com o setor privado em ações contra a disseminação da covid-19.

Epicentro da doença no país, São Paulo superou nesta quarta-feira (06), a marca de três mil mortes pela doença, o que levou o governador a decretar luto oficial enquanto durar a pandemia. Segundo balanço da Secretaria da Saúde, o Estado registra 3.045 óbitos e 37.853 casos confirmados da doença.

A Corregedoria Setorial Extraordinária foi instalada por meio de resolução conjunta das secretarias de Governo e da Saúde e será subordinada à Corregedoria-Geral da Administração, órgão independente que acompanha os atos administrativos.

Segundo Doria, o grupo de trabalho vai atuar com o Comitê Gestor do Gasto Público, que, desde março, avalia todos os desembolsos no combate à pandemia no Estado.

A resolução, que será publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (07), prevê o funcionamento da Corregedoria Extraordinária enquanto perdurarem as ações de enfrentamento da covid-19 no Estado.

Em casos de suspeitas ou denúncias de irregularidades envolvendo compras de bens e insumos ou contratação de serviços, caberá ao grupo de trabalho instaurar “processos ou procedimentos correcionais”.

Doria é um dos governadores que têm defendido o isolamento social como principal medida de controle da covid-19. O luto oficial decretado nesta quarta, de acordo com ele, é um “gesto de solidariedade às famílias” atingidas pela pandemia.