Coral de idosos do Eniac se apresenta em um ônibus pelas ruas de Guarulhos

O Eniac – instituição referência em inovação e tecnologia do ensino básico ao superior – promoveu uma apresentação itinerante com o Coral Vida Nova, na manhã desta quinta-feira, 8/07, pelas principais ruas de Guarulhos. O ônibus, com o grupo formado por 16 pessoas acima dos 60 anos, saiu do campus do Eniac, no centro de Guarulhos, passou por outros locais, como a Avenida Tiradentes, o Bosque Maia, o Lago do Patos e, no encerramento, retornou ao ponto de partida.

Todos os integrantes do Coral Vida Nova, que participaram do evento, estão imunizados com as duas doses da vacina contra a covid-19. Um alívio para o maestro Rafael Monteiro. “Por causa da pandemia, estamos um ano e meio parados. Eu e os coralistas sentimos muita falta das nossas atividades. Como não podemos nos reunir no Eniac, por enquanto, fazer esta apresentação foi uma forma que encontramos de realizarmos algo. Esta é a primeira vez que nos reencontraremos após o início do surto de coronavírus”, explicou Monteiro.

Apesar de todos estarem vacinados, o evento obedeceu a todos os protocolos sanitários no combate à covid-19. “Estamos tomando todos os cuidados possíveis. É um momento único nas nossas vidas. Infelizmente, perdemos seis coralistas por causa do Covid-19 ou de complicações decorrentes da doença. Foi um turbilhão de sentimentos. Choramos, mas também rimos muito”, sintetizou o maestro.

Mantenedor do Eniac, o professor Ruy Guérios afirmou que o retorno do Coral Vida Nova é bastante significativo para a instituição. “A música faz parte das nossas vidas. No cenário em que estamos, aos poucos, retomando nossas rotinas com o avanço da vacinação no Brasil, podemos dizer que o evento é um marco para o ENIAC, bem como para os coralistas”, resumiu. 

Set list

A apresentação começou, como sempre, com uma oração, Pai Nosso e Ave Maria. Na sequência, canções como “Eu quero um Xodó”, “Xote das Meninas”, “É preciso saber viver”, “Pot-pourri (Pula Fogueira/Isto é lá com Santo Antônio)”, “Paz do Amor” e “Amigos para Sempre”.

Rafael Monteiro fez questão de ressaltar que, além de promover entretenimento, o ato de cantar também é benéfico à saúde dos idosos. “Uma reportagem exibida há algum tempo mostrou uma pesquisa realizada no Japão. O estudo apontou que cantar pode retardar os efeitos de algumas doenças, como o mal de Alzheimer, proporcionando uma qualidade de vida mais duradoura aos coralistas”, explicou. 

Mais sobre o Coral Vida Nova

Criado em 1989, na cidade de Guarulhos, o Coral Vida Nova vem construindo uma linda história com sua musicalidade, que vem do coração de cada integrante. O coral é composto por vozes acima de 60 anos e já se apresentou na Câmara Municipal de São Paulo, Câmara Municipal de Guarulhos, Espaço Cultural da Caixa Econômica Federal, hotéis, shoppings, igrejas etc.

Em 2014, o coral gravou seu primeiro CD, com um repertório ímpar, cantando músicas de Frank Sinatra a Dorival Caymmi. Três anos depois, o grupo lançou o segundo CD, intitulado Cantata de Natal.

Durante sua trajetória, o coral teve quatro regentes: Américo Testae, Edilson Walney, Gleiziane Pinheiro e Rafael Monteiro, o atual maestro.