Consórcio Internorte deve colocar em circulação 133 novos ônibus com ar-condicionado

Da Redação

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos, por meio da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU), determinou que as concessionárias do sistema intermunicipal na Região Metropolitana de São Paulo incluam, em 2020, 561 veículos novos com ar-condicionado em substituição aos ônibus que completarão dez anos de uso.

Destes, 133 serão do Consórcio Internorte, que atende a Área 3 de operação , o que inclui Guarulhos,  Mairiporã, Santa Isabel e Arujá. A EMTU não revelou quais linhas serão atendidas em cada munícipio, como justificativa alegou que isso é prerrogativa da concessionária.

A exigência dos 561 novos veículos faz parte de aditivo contratual firmado com as empresas operadoras das quatro áreas de concessão mais a Metra, que opera as linhas do Corredor ABD. Em 2019, 179 ônibus novos com ar-condicionado foram incluídos na frota das concessionárias da Grande São Paulo, atualmente com 3.335 veículos.

Vinculada à Secretaria dos Transportes Metropolitanos, EMTU é controlada pelo governo de São Paulo. Fiscaliza e regulamenta o transporte metropolitano de baixa e média capacidade nas cinco Regiões Metropolitanas do Estado: São Paulo, Campinas, Sorocaba, Baixada Santista e Vale do Paraíba e Litoral Norte. Juntas, as áreas somam 134 municípios.

- PUBLICIDADE -