Conscientização para utilizar água de reúso e preservar os recursos

Da Redação

A água de reúso é produzida dentro das Estações de Tratamento de Esgoto e pode ser utilizada para inúmeras finalidades, como geração de energia, refrigeração de equipamentos, aproveitamento nos processos industriais e limpeza de ruas e praças. As empresas que utilizam a água de reúso colaboram com a economia de água potável destinada ao abastecimento público.

A Sabesp iniciou de forma pioneira a prática de produção de água de reúso a partir de 1998, com a transformação da Estação de Tratamento de Esgotos convencional, ETE Jesus Netto, em uma estação para produção de água de reúso.

Atualmente são produzidos, em média, 468 litros de água por segundo para fornecimento externo ou uso interno da Sabesp nas estações Jesus Netto, Barueri e Parque Novo Mundo.

Vale ressaltar que todo processo de produção da água de reúso da Sabesp é assegurado pelo sistema de gestão ISO 9001:2008, obedecendo a rigorosos parâmetros de qualidade.

O uso responsável da água é fundamental não somente nas regiões metropolitanas, mas em todo o mundo. Cada litro de água de reúso utilizado representa um litro de água conservada em nossos mananciais.

O assunto é tão importante que faz parte da Estratégia Global para Administração da Qualidade das Águas, proposta pela ONU, para preservação do meio ambiente. É uma maneira inteligente e capaz de assegurar que as gerações futuras tenham acesso a esse recurso tão precioso e essencial à vida:a água potável.

Como a Sabesp não possui veículos específicos para esse fim, o transporte do produto fica a cargo da empresa interessada. Para informações sobre custos e detalhes do serviço ligue para 0800-7712482

O produto pode ser utilizado para diversos processos em sua empresa: Vaso sanitário e irrigação paisagística (mediante avaliação técnica);Limpeza de pisos, pátios ou galerias de águas pluviais; Assentamento de poeira em obras de execução de aterros e terraplanagem;  Preparação e cura de concreto não -estrutural em canteiros de obra, e para estabelecer umidade ótima em compactação e solos; Desobstrução de rede de esgotos e águas pluviais; e Geração de energia e refrigeração de equipamentos em diversos processos industriais.

Imagem: Divulgação