Condenados por roubo de ouro no Aeroporto de Guarulhos têm penas aumentadas

Foto: Pixabay
- PUBLICIDADE -

Após recurso interposto pelo MPSP, a 9ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo aumentou as penas impostas aos seis réus condenados por roubar 734 kg de ouro, avaliados em cerca de R$ 117 milhões, do setor de cargas do Aeroporto Internacional de Guarulhos. O crime foi praticado em julho de 2019. Agora, as sentenças somadas ultrapassam os 252 anos de prisão. Além disso, as multas devidas pelos envolvidos também acabaram sendo elevadas em relação à decisão de primeira instância. 

Entre outros aspectos, a decisão do relator, desembargador Roberto Grassi Neto, levou em conta as consequências do crime diante do transtorno à empresa vítima e aos proprietários dos bens subtraídos, assim como o grande prejuízo experimentado.

Atuaram no caso promotores de Justiça do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e a procuradora Martha de Toledo Machado.

- PUBLICIDADE -