Concerto digital da Orquestra Gru Sinfônica celebra reforma do Teatro Adamastor

O concerto digital apresentado na noite desta sexta-feira (14) pela Orquestra Gru Sinfônica e transmitido ao vivo do Teatro Adamastor marcou acontecimentos muito especiais. Além da retomada da Temporada 2020 das orquestras de Guarulhos, o prefeito Guti comemorou a completa reforma do espaço, que durante a pandemia passou por amplas intervenções em suas instalações, aproveitando o período sem eventos.

“A retomada da Temporada das orquestras é motivo de muito orgulho para todos nós, pois isso nos ajuda a passar por este momento de dor com mais esperança. Estamos muito felizes com a dedicação dos músicos que hoje estão aqui, levando o nome de Guarulhos para os quatro cantos do mundo, e também satisfeitos com a reinauguração do Teatro Adamastor, que ainda não pode funcionar de maneira presencial para o público, mas em breve poderá acolher os frequentadores e profissionais que utilizam o espaço com mais conforto, acessibilidade e segurança”, exaltou Guti.

O complexo passou por inúmeras intervenções. O Teatro Adamastor teve o seu palco revitalizado, os cinco camarins reformados, ganhou uma moderna mesa de som, cortinas novas para a boca de cena e poltronas mais confortáveis, incluindo assentos para obesos e maior acessibilidade, seis climatizadores e dois exaustores. Além disso, toda a iluminação foi trocada por lâmpadas de LED, substituição das portas corta-fogo, pintura dos espaços internos e externos, limpeza das calhas, manutenção do telhado, higienização das cortinas e carpetes, instalação de sistema Wi-Fi e de 11 novas câmeras de segurança.

Com aproximadamente 8 mil m² de construção, o Adamastor abriga o maior teatro público de Guarulhos, além de dez auditórios, biblioteca, o Arquivo Histórico, pátio de eventos, espaços para exposições e um polo de ensino a distância da Univesp. A atual administração facilitou o acesso aos produtores e artistas locais, abrindo a agenda de espetáculos para a sociedade. Durante seu funcionamento normal, o que é impraticável neste momento de pandemia, o espaço recebe mais de 15 mil pessoas por mês e oferece atividades educativas, culturais e esportivas para diferentes faixas etárias.

O espetáculo

Os secretários de Educação e Cultura, Fábia Costa e Vitor Souza, respectivamente, também prestigiaram o espetáculo da Orquestra Gru Sinfônica. O concerto foi marcado pela execução de repertório bastante especial, que além de mergulhar na obra de grandes mestres da música, como Mendelssohn e Strauss, também ofereceu aos espectadores a primeira audição mundial da obra Passarinho, do estagiário de composição e regência da Gru Sinfônica, Fernando Gomes.

O concerto digital também ofereceu para o público que assistia de casa repertório mais tradicional, com a apresentação da Sinfonia nº 10 para cordas em Si menor, de Felix Mendelssohn, um dos mestres do Romantismo alemão, obra que reflete total domínio da tradição musical europeia, alternando tensão, dramaticidade e leveza.

A peça principal do programa, Metamorfoses, um estudo para 23 cordas solistas, Op.142, de Richard Strauss, caracteriza-se como uma peça bastante experimental e única, que produz resultado a partir da soma das linhas individuais de cada artista.

Fonte: Prefeitura de Guarulhos