Como está a sua agenda de amanhã?

Serginho Freitas

Se você tem algo marcado para amanhã, desmarque! A partir das 11h no Bosque Maia, vai rolar o Festival Gastronômico “Sabores do Alto Tietê” e você não pode ficar de fora.

O festival, que já está na sua quarta edição e que tem o apoio da Folha Metropolitana, vai contar com a participação de 10 cidades de todo Alto Tietê. Um prato salgado, um prato doce e uma barraca com artesanatos autorais de cada cidade serão preparados e comercializados, e toda renda será revertida ao fundo social de cada localidade.

A estrutura das barracas desta edição ficou por conta da Serraria Ecológica, que faz um trabalho de reciclagem com as árvores que caem por toda cidade. “Foi um prazer poder ajudar o Fundo Social de Solidariedade com a produção das barracas. A presidente Elen veio com a ideia e nossa equipe abraçou com unhas e dentes. Espero que o público goste das barracas e principalmente dos móveis rústicos que a equipe do nosso colaborador Mirno produziu especialmente para o festival. O que para alguns é um pedaço de madeira que caiu, para eles é uma pedra preciosa” disse Irenio Mota supervisor de setor da Serraria Ecológica.

No evento ainda vai rolar apresentações de vários artistas das cidades participantes e até um desfile de moda.

Espaço Guarulhos

O Fundo Social de Solidariedade de Guarulhos, em conjunto com o Departamento de Turismo, escolheu um prato salgado especial para esta edição. Trata-se do arroz suíno com costelinha defumada.

“Em nossa barraca, representando a cidade de Guarulhos, o prato salgado que iremos apresentar, e vender, é uma releitura do tradicional Arroz com Carne de Porco. A receita, que tem como protagonista a carne suína armazenada em uma lata, foi muito utilizado pelas expedições chamadas as bandeiras nos séculos XVII e XVIII que desbravaram as matas do interior paulista a procura de riquezas minerais e mão de obra indígena para as lavouras de cana de açúcar. Outra peculiaridade que envolve o prato e nossa cidade é que o Frigorífico Mercantoni, conhecido por muitos como matadouro da rua sertaneja, foi por muitos anos o principal fornecedor de carne suína fresca para a capital paulista. Por dia eram descarregados mais de mil porcos, fazendo com que nossa cidade fosse muito procurada principalmente por feirantes que comercializavam os produtos. Como prato doce, o escolhido foi o Sorvete de Mandioca. A iguaria, que é uma tradicional receita de moradores do bairro Torres Tibagy que na década de 40 cultivavam a planta já que a terra vermelha era apropriada para seu cultivo, vai ser preparada pelos profissionais do Restaurante Escola”, explicou Elen Regina, presidente do Fundo Social e coordenador da equipe que escolheu o prato.

Ah! As receitas dos dois pratos iremos colocar no Instagram da Folha Metropolitana amanhã! Não percam o evento e PRINCIPALMENTE as receitas! Um abraço e até semana que vem!

Imagem: Divulgação