Com ‘Dia D’, SP vacina mais de 4,3 milhões de pessoas contra a gripe

Da Redação

Com o ‘Dia D’de vacinação contra gripe, balanço da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo baseado nos dados informados pelos municípios até o meio da tarde deste sábado (12) mostra que SP já imunizou mais de 4,3 milhões de pessoas.

O dado contabiliza pessoas vacinadas desde o início da campanha, em 23 de abril, até às 15h deste sábado. Por todo o estado, o ‘Dia D’ mobilizou cerca de 36 mil profissionais para vacinar a população em mais de 6,5 mil postos fixos e volantes em todo o território paulista.

A campanha vai até o dia 1º de junho, com a expectativa de vacinar, no período, 10,7 milhões de paulistas contra o vírus Influenza, o que corresponde à meta de 90% da população-alvo definida para a campanha.

Até o momento, foram imunizados cerca de 2,6 milhões de idosos, ou seja, pessoas com idade de 60 anos ou mais; 507,6 mil trabalhadores de saúde e aproximadamente 4,2 mil indígenas, grupos que iniciaram a vacinação na etapa 1, em 23 de abril.

Desde a etapa 2, que teve início no dia 2 de maio, já foram vacinadas cerca de 441,5 mil crianças com idade maior que 9 meses e menor que 5 anos, além de mais de 112 mil gestantes e 31 mil puérperas.

A etapa 3 foi iniciada no dia 9 de maio e imunizou, até o momento, 79,2 mil professores e 524,4 mil pacientes com doenças crônicas, como asma, diabetes, doenças imunossupressoras e outras.

“É importante lembrar que a vacinação continua para todos os grupos até o dia 1º de junho; portanto, o público pode e deve comparecer aos postos”, afirma a diretora de Imunização da Secretaria, Helena Sato. “A vacina não provoca gripe em quem tomar a dose, já que é composta apenas de fragmentos do vírus que causam a devida proteção, mas são incapazes de causar a doença”, explica.

Segundo recomendação da OMS (Organização Mundial de Saúde), a vacina de 2018 irá prevenir a população alvo contra o vírus Influenza dos tipos A (H1N1), A  (H3N2) e B.

Foto: Fábio Nunes Teixeira