Coluna Livre com Hermano Henning

Ao saber da notícia de que o veterano homem de rádio e TV, Joseval Peixoto, com quem trabalhei no SBT, está concluindo um projeto de futebol de várzea em São Paulo, acabei sendo assaltado por lembranças que me levaram ao velho Golfinho, dirigido pelo saudoso Adolfinho Noronha. Velho, no sentido do tempo que nos separa, mas o plantel do Golfinho era todo formado por jovens, a começar pelo próprio Adolfinho, cujas atitudes e comportamento nada lembravam o sisudo Adolfo de Vasconcelos Noronha, seu pai, diretor e fundador da Faculdade de Direito, primeiro curso universitário da cidade.

Lembrei-me do Golfinho por causa da atuação do time de futebol de Guarulhos no Desafio ao Galo, porque é exatamente este o nome que Joseval pretende dar para o evento que está preparando. Uma boa: vamos ter a volta do Desafio ao Galo.

Copa Arizona

No entanto não foi no Desafio ao Galo que a equipe de Guarulhos mostrou todo o seu potencial. Foi na década de setenta, no começo, não me lembro o ano, o time ganhou a Copa Arizona de Futebol. Arizona era a marca de cigarro bastante popular na época e dava título ao campeonato, no tempo em que o hábito de fumar não era tão perseguido. Hoje, nem pensar em ter cigarro patrocinando o esporte. Mas, na época, tudo bem. A grana era bem-vinda.

Golfinho Internacional

A conquista da Copa Arizona, disputada com times da capital e do interior, rendeu ao Golfinho a chance de disputar a final internacional no Chile, jogando com o vencedor da versão chilena do torneio. O principal jogo, em Santiago, teve até transmissão ao vivo da Rádio Boa Nova de Guarulhos.

Eu fiquei no plantão que funcionava no estúdio recém-inaugurado no bairro do Picanço. Para o Chile foram Osvaldo Tassi, o jovem repórter Edison Marcos e o editor-chefe da Folha Metropolitana, Ademir Malavasi. Malavasi fez comentários pela rádio e se encarregou da cobertura feita para esta folha. A narração foi de Osvaldo Tassi. A conquista foi festejada aqui, no Recanto Amigo. O Golfinho trouxe a taça de Santiago. Ganhou o jogo final por dois a zero.

Joseval Peixoto

A ideia de Joseval Peixoto em trazer de volta o Desafio ao Galo merece nosso aplauso. O campeonato era disputado nas manhãs de domingo num estádio do Bom Retiro, em São Paulo. Era transmitido pela TV Gazeta com ótima audiência. Vamos torcer para repetir aquele sucesso todo. E Joseval dispensa comentários. Sua narração do milésimo gol de Pelé está na história do rádio brasileiro.