Coletivo de grafiteiros guarulhenses leva arte para o Centro de Combate ao Coronavírus

Da Redação

Um grupo de 18 grafiteiros se reuniu na tarde desta quinta-feira (26), dia anterior à inauguração do Centro de Combate ao Coronavírus de Guarulhos, para levar arte e cor ao local. No muro por onde passarão os cidadãos que desejam realizar o teste para a covid-19 estão desenhos de conscientização de saúde e outros diversos temas. A ação foi realizada em parceria com a Subsecretaria da Juventude.

Todos os profissionais fazem parte do coletivo de grafiteiros de Guarulhos, que já realizou diversos trabalhos em parceria com a prefeitura, como a revitalização de um dos muros do CEU Jardim Presidente Dutra.

Para Leonardo de Oliveira Ruelo (Uebis), coordenador do coletivo, é muito importante levar arte para todos os espaços. “A nossa ideia foi trazer desenhos muito coloridos e alegres, para transformar o lugar em um local que seja agradável de ver, apesar de ser um espaço que trata de um assunto tão sério. Precisamos que as pessoas que passarão por aqui e estarão vivendo um momento crítico e complicado vejam beleza. A arte cura”, afirmou.

A Prefeitura de Guarulhos forneceu álcool em gel e máscaras para os voluntários, prezando pela proteção de todos neste período de epidemia.

Entre os profissionais que fizeram o trabalho voluntário estão Fernando Manoel (FND), Elisabeth Nataly (Beth), Luiz Carlos Sampaio (Samp), Matheus Moreira de Oliveira (Savana), Diego Canário (Spin), Daniel Gomes da Silva Junior (Menos1), Márcio dos Santos Cardoso (Bigzullu), João Paulo (Jota Pe), Marcos Paulo Feliciano (Pato), Valdir de Lima Oliveira (Bemik), Adriano Nery Da Silva (Soró), Jonathan Cerconi Pires (Goró), Wagner Alan Rodrigues (Bugi), Sérgio Vieira dos Santos (Biro), Rafael Cassiano (Bera), Thiago (PretoMan) e Ricardo da Silva Lopes (Porx).

Imagem: Divulgação/PMG