Cinema ao ar livre: Terraço do Sesc Avenida Paulista recebe exibição de filmes

Da Redação

Unidade promove sessões com filmes brasileiros experimentais de 24 a 26 de agosto

Durante o final de semana, de 24 a 26 de agosto, o Sesc Avenida Paulista promove a exibição de uma série de filmes ao ar livre.  A Unidade recebe a programação gratuita repleta de filmes brasileiros experimentais de vários períodos como os clássicos “O vampiro da cinemateca” de Jairo Ferreira, “Já visto jamais visto” de Andrea Tonacci, dentre outros. As sessões são gratuitas e ocorrem no terraço da unidade, ao ar livre, com vista para a Avenida Paulista. Os ingressos são distribuídos com uma de antecedência no térreo.

Confira a programação:

  • Sexta-feira (24), às 22h
    (Duração: 98 minutos / Exibição digital)

Ecos caóticos (1975, 7′), de Jairo Ferreira
Super 8 rodado na cidade de São Luís do Maranhão, em homenagem ao poeta Sousândrade.

Entrevista com Jairo Ferreira (1991, 27′), de Arthur Autran e Paulo Sacramento
Trechos da entrevista realizada por dois estudantes de cinema na casa do crítico e realizador Jairo Ferreira, para o primeiro e único número da revista Paupéria.

O vampiro da cinemateca (1977, 64′), de Jairo Ferreira
Um jovem jornalista decide romper com as limitações impostas a sua profissão e começa a elaborar o roteiro de um filme.

 

  • Sábado (25), às 22h
    (Duração: 84 minutos / Exibição digital)

Kyrie ou o início do caos (1998, 14′), de Débora Waldman
Uma mulher é hipnotizada por um som místico e a partir disso o caos começa a se espalhar.

Landscape (2017, 16′), de Luiz Rosemberg Filho
Alguém lá de longe disse: “O artista está sempre certo, mesmo quando está errado”. Será?

Já visto jamais visto (2014, 54′), de Andrea Tonacci
Um diálogo entre as memórias de um autor e as imagens que filmou e guardou ao longo de sua atividade cinematográfica.

 

  • Domingo (26), às 19h
    (Duração: 75 minutos / Exibição digital)

O espectador que o cinema esqueceu (1991, 20′), de Joel Yamaji
Documentário sobre Waldemar Iglesias, um senhor que há 58 anos vai ao cinema quase que diariamente.

Das ruínas à rexistência (2007, 13′), de Carlos Adriano
Montagem poética sobre os desconhecidos filmes do poeta Décio Pignatari.

Sem título # 4: Apesar dos pesares, na chuva há de cantares (2018, 29′), de Carlos Adriano
Sob o mote simbólico da chuva Carlos Adriano cria uma constelação poética de montagem “found footage” com trechos de 99 filmes e 8 versões de uma música.

A maldição tropical (2016, 13′), de Luísa Marques e Darks Miranda
Uma fricção entre dois projetos de nação: um imaginário tropical, personificado por Carmen Miranda, e um modernismo tardio corporificado no Rio de Janeiro pelo Parque do Flamengo.

 

Serviço
Sessão Invenção
Sessões de cinema ao ar livre no terraço da Unidade
Dias: De 24 a 26 de agosto
Horário: 22h (sexta e sábado) e 19h (domingo)
Local: Café-Terraço (40 lugares)
Ingressos: Grátis – retirada e ingresso com uma hora de antecedência no térreo
Classificação etária: 18 anos

Sesc avenida Paulista
Avenida Paulista, 119, Bela Vista, São Paulo
Fone: (11) 3170-0800
Transporte Público: Estação Brigadeiro do Metrô – 350m

Imagem: Divulgação