Cidade registra 46 casos de coletores de lixo feridos devido ao descarte incorreto de resíduos pela população

- PUBLICIDADE -
Corrida Folha Metropolitana

Da Redação

Levantamento realizado pela empresa prestadora do serviço de coleta de lixo de Guarulhos aponta que entre fevereiro e dezembro de 2018 foram registrados 28 ferimentos com lâminas e 18 perfurações de trabalhadores.

Por isso, a prefeitura lança nesta semana uma campanha de conscientização da população sobre formas corretas de descartar vidro, seringas e demais objetos perfurocortantes, visando reduzir o número de acidentes sofridos pelos profissionais.

Com cartazes impressos e material on-line, a campanha traz informações simples e fáceis de serem colocadas em prática no dia a dia, dentre elas o uso de embalagens tipo pet, longa vida ou mesmo caixas de papelão para embalar agulhas, vidros, lâminas e qualquer outro material pontiagudo ou cortante antes do descarte. Outra orientação importante com foco no público que faz uso constante de medicamentos injetáveis, como os diabéticos, por exemplo, é que as unidades básicas de saúde da Prefeitura (UBS) passaram recentemente a receber seringas e agulhas já utilizadas.

Nas peças de comunicação da campanha também serão abordadas as graves consequências sofridas pelos coletores que se machucam durante o trabalho, como aconteceu com Alisson da Silva. Há três anos, o coletor sofreu perfuração com agulha descartada incorretamente. “A gente fica traumatizado. Não sabemos o que tem ali. Pode ter HIV, hepatite e outras doenças. Tive que tomar o coquetel contra AIDS que tem muitos efeitos ruins. Fiquei emocionalmente muito abalado. Gostaria de pedir para as pessoas tomarem mais cuidado com o lixo para não prejudicar a vida de pais de família como eu”, relata o coletor que tem 30 anos de idade, é casado, pai de dois filhos e que continua a exercer a função há 10 anos.

A elaboração do conteúdo da campanha, que pode ser conferida também no Facebook da Prefeitura de Guarulhos, foi feita em conjunto com a empresa prestadora do serviço de coleta de resíduos domiciliares em Guarulhos e com o sindicato dos coletores de lixo.

Imagem: Jackson Argolo/PMG

- PUBLICIDADE -