Cidade recebeu sete novos serviços de saúde nos últimos três anos

Mayara Nascimento

Nos últimos três anos, Guarulhos se tornou a cidade natal de mais de 50 mil pessoas. Isso porque em 2017 nasceram 18.480 crianças na cidade, número que subiu para 18.633 em 2018. No primeiro semestre deste ano, o registro chegava a 13.221. Para atender toda a demanda da população, sete novos equipamentos de saúde pública foram inaugurados.

Os números se referem aos nascidos no município, ainda que não sejam residentes de Guarulhos. O total de nascidos vivos residentes da cidade é em média 21 mil ao ano, número este que vem se mantendo nos últimos anos.

Entre os serviços entregues na gestão do prefeito Guti, destacam-se os Centros de Especialidades Médicas de Guarulhos (Cemeg) Pimentas/Cumbica, em maio de 2017, que possui oito consultórios médicos, sala de ultrassonografia, sala de fisioterapia, sala de enfermagem para atendimento de emergência e recepção. Além disso, a cidade também recebeu o Cemeg Cantareira, localizado no Cocaia.

Nos últimos anos Guarulhos também recebeu as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Paulista e Cumbica, a Unidade Básica da Saúde (UBS) Primavera, Centro Especializado em Reabilitação (CER) e o Centro de Atendimento Multiprofissional à Pessoa com Deficiência (CAMPD).

Em outubro deste ano, a prefeitura lançou o aplicativo Saúde Guarulhos, que permite o agendamento de consultas médicas nas UBSs pelo celular, sem precisar ir presencialmente até a unidade.

Os aparelhos antigos também receberam reformas e foram reinaugurados, como por exemplo, o Hospital Municipal de Urgência (HMU), que ganhou novos leitos e equipamentos, além da construção da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), uma das mais modernas UTIs públicas do Brasil.