Cidade deve receber mais quatro unidades do Aprende até o fim de 2019

Por Pedro Lacerda

Um dos principais projetos da Secretaria de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e de Inovação (SDCETI), o programa Aprende – Apoio Regionalizado ao Empreendedor, idealizado em 2017, possui atualmente duas unidades, uma no Shopping Bonsucesso e outra no Adamastor, e ao que tudo indica terá mais postos de apoio até o ano que vem.

Isso porque ontem o secretário da pasta, Rodrigo Barros, informou em audiência pública da Leis de Diretrizes Orçamentárias ­– LDO 2019, na Câmara Municipal, que uma das metas da secretaria é entregar um novo posto em setembro deste ano, no bairro da Vila Galvão, além de mais três até o fim de 2019.

“Este programa é um dos principais de nossa secretaria, sendo assim, descentralizamos nossos atendimentos e buscamos atingir a periferia, que corresponde a uma grande camada destes microempreendedores que buscam seu espaço no mercado e também auxílio, portanto estipulamos esta meta para atender à população”, afirma Barros que também coloca a região do São João como outra possível candidata a receber uma Unidade de Apoio Regionalizado (UAR).

Na visão do secretário, além da descentralização e do aumento no número de unidades, outra maneira de aperfeiçoar tecnicamente a capacidade destes empreendedores, é através de cursos periódicos que acontecem de uma a duas vezes por semana nas unidades, com turmas de 25 a 30 pessoas, em uma parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

Programa
O Aprende – Apoio Regionalizado ao Empreendedor propõe a criação de uma política pública voltada para o empreendedor local, com plano de ação desenvolvido para orientar, formalizar, capacitar, qualificar e monitorar cada empresa, tendo por objetivo o desenvolvimento sustentável e a redução da informalidade e dos índices de mortalidade dessas empresas.

Com o Aprende, os cidadãos que empreendem ou que pretendem empreender em Guarulhos receberão expressivo número de serviços gratuitos para iniciar e desenvolver o seu negócio. Estes serviços serão disponibilizados na forma de atendimento presencial nas regiões descentralizadas da cidade e a primeira unidade deve começar a funcionar no bairro dos Pimentas ainda neste semestre.

Foto: Pedro Lacerda