CGM recebeu mais de 100 denúncias este ano

Lucy Tamborino

A Controladoria Geral do Município (CGM) recebeu um total de 108 denúncias neste ano, à informação foi dada pela Ouvidora Geral, Alessandra Cassia Cardoso, em audiência pública da audiência da Lei Orçamentária Anual (LOA).

Ainda de acordo com ela, o maior número de reclamações é referente a iluminação pública e logo em seguida denúncias sobre à perturbação do sossego, como por exemplo, bares que ficam até mais tarde com música ao vivo.

“Na ouvidoria a gente recebe vários tipos de manifestações da população, o que demanda investigação são denúncias, o restante são informações, reclamações ou mesmo elogio. Então, nesse ano de manifestações em geral nós registramos um número atual de 1.345 casos, denúncia é um número bem menor que é de 108 registros”, explicou a ouvidora.

Quanto à investigação de médicos que chegavam para trabalhar em hospitais públicos, batiam o ponto eletrônico e iam embora, a controladoria investigou o caso a partir de denúncias de pacientes e servidores. “Nós fizemos as apurações e instauramos procedimentos contra eles. Um médico foi preso e o restante está respondendo a procedimentos diversos”, informou Edson Ferreira Vale, Diretor de Transparência do órgão.

Ainda de acordo com o diretor há várias apurações em curso. “Têm várias investigações, mas algumas são de caráter sigiloso. Nós temos investigações de programas socias, de mau atendimento e funcionamento de alguns setores da prefeitura. Nós entramos e contato e tentamos fazer a correção disso”, concluiu.

Imagem: Lucy Tamborino