Central do CadÚnico de Guarulhos auxilia mãe a encontrar filha desaparecida há mais de 30 anos

Da Redação

Durante mais de três décadas a família da ajudante-geral Ivonete Santos do Nascimento (48 anos, separada, quatro filhos e 15 netos) procurou incansavelmente pela sua filha Clerivalda, levada pelo pai ainda bebê após a separação do casal. Por meio da Central do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) de Guarulhos foi possível reunir mãe e filha, separadas há 32 anos. No início deste mês, Ivonete esteve no CadÚnico para fazer o recadastramento e também agradecer ao funcionário que a atendeu no final de 2016, auxiliando na obtenção de informações sobre a filha desaparecida.

Passados quase três anos, o entrevistador social à época e atual gestor do CadÚnico e Bolsa Família no município, André de Oliveira, não se recordava muito bem dessa história. “Foi uma surpresa quando ela veio até mim, no último dia 7. Fiquei feliz em ter ajudado a família a se reencontrar e restabelecer o laço,” afirmou Oliveira.

Moradora do Parque Jandaia, Ivonete tentou obter o paradeiro da primogênita nos cartórios. “Nós vivíamos na Bahia. Eu tinha 14 anos quando o pai dela tirou-a de mim. Ele foi embora com o bebê de nove meses. Eu fiquei sem saber se ela estava morta ou viva por todos esses anos. Vim pra São Paulo e depois voltei pra procurar nos cartórios da Bahia. Sempre senti muito a falta dela, mas não sabia onde procurar”, contou a mãe.

Segundo a ajudante-geral, todos os parentes procuravam pela desaparecida. Uma de suas irmãs teve a ideia de verificar na internet e descobriu que a sobrinha era beneficiária do Bolsa Família. “Nesta época eu não estava bem de saúde, tinha crises psiquiátricas e tomava remédios fortes. Minha irmã veio até o CadÚnico e confirmou que era a Clerivalda”, contou Ivonete com os olhos lacrimejados.

Clerivalda mora em Porto Velho e tem cinco filhos. Em maio do ano passado ela veio a Guarulhos encontrar a mãe. “É uma grande vitória e eu não tenho palavras para agradecer. Agradeço primeiro a Deus, depois ao Programa CadÚnico e ao André que, com a humildade dele, me ajudou a encontrar minha filha”, disse Ivonete.

A Central do CadÚnico/Bolsa Família fica na avenida Bom Clima, 429, Jardim Bom Clima.

Imagem: Marcio Lino/PMG
Fonte: Prefeitura de Guarulhos