CCR NovaDutra inicia campanha de alerta sobre o período de neblina

Com a proximidade do inverno e dias com temperaturas mais baixas, é cada vez mais comum a incidência de neblina na via Dutra, principalmente durante a madrugada e nas primeiras horas da manhã. O fator climático como aumento de umidade e queda da temperatura podem favorecer o aparecimento de pontos de neblina. De janeiro a abril deste ano, foram registrados 53 dias com situações de neblina na rodovia. No mesmo período do ano passado, foram 122 dias, uma redução de 57%.

Apesar da redução de situações de neblina, todo cuidado é importante para evitar acidentes. A CCR NovaDutra inicia a campanha de reforço e orientação aos usuários sobre como se comportar caso realize sua viagem sob neblina.

A ação conta com mensagens educativas nos Painéis de Mensagens Variáveis, faixas em locais estratégicos e com orientação e dicas de segurança na programação da CCRFM 107,5 NovaDutra.

A campana ganha reforço lúdico de dois personagens das campanhas de segurança do Grupo CCR, o ‘Desfarolado’, aquela má ideia que tenta enganar o motorista dizendo que ao se deparar com neblina na rodovia ele deve ligar o farol alto. E o ‘Responsa’, o arqui-inimigo das más ideias, que orienta o usuário da rodovia com dicas para uma viagem segura e tranquila. 

“Esqueça essa má ideia de usar o farol alto, ligar o pisca alerta ou mesmo parar no acostamento ao se deparar com neblina na rodovia. A CCR NovaDutra está comprometida em proporcionar uma viagem segura ao usuário e, por isso, oferece informações que podem contribuir para um comportamento responsável no trânsito e, consequentemente, uma viagem mais tranquila”, afirma o gestor de Atendimento da CCR NovaDutra, Virgílio Leocádio.

Como fazer uma viagem segura, em caso de neblina:

– Reduza gradualmente a velocidade;

– Mantenha distância segura do veículo à frente;

– Nunca utilize o farol alto;

– Nunca pare na pista. Evite parar no acostamento e, se precisar estacionar, pare fora da rodovia, em um posto de serviços;

– Nunca acione o pisca-alerta com o veículo em movimento. Os motoristas que vêm atrás podem pensar que o seu veículo parou na pista;

– Atenção às mensagens dos painéis de mensagens variáveis (PMVs) espalhados ao longo da rodovia.

Trechos com maior incidência de neblina nesta época do ano:

Trecho paulista

Entre o km 170 e o km 212 (Guararema/Santa Isabel/Arujá/Guarulhos)

Entre o km 159 e o km 175 (Jacareí)

Entre o km 121 e o km 157 (Caçapava/São José dos Campos)

Entre o km 115 e o km 119 (Taubaté)

Entre o km 87 e o km 104 (Pindamonhangaba/Taubaté)

Entre o km 80 e o km 84 (Roseira/Pindamonhangaba)

Entre o km 73 e o km 75 (Aparecida)

Entre o km 59 e o km 62 (Guaratinguetá)

Entre o km 0 e o km 50 (Queluz/Lorena)

Trecho fluminense

Entre o km 313 e o km 333 (Itatiaia)

Entre o km 293 e o km 304 (Resende)

Entre o km 290 e o km 269 (Barra Mansa)

Entre o km 258 e o km 264 (Volta Redonda)

Entre o km 219 e o km 236 (Piraí)

Entre o km 216 e o km 199 (Paracambi/Queimados)

Para saber das condições de tráfego, os usuários podem ligar para o Disque CCR NovaDutra, que atende 24 horas por dia pelo telefone 0800-0173536. Os motoristas também podem obter informações das condições de tráfego na via Dutra sintonizando a CCRFM 107,5 NovaDutra.