Casas conectadas serão tendência num futuro não muito longe

Smart home automation app on mobile with home interior in background. Internet of things concept at home. Smart technology 4.0

Da Redação

A expansão da tecnologia também chegará às residências no sentido de conectar os cômodos aos respectivos moradores. Imagine chegar em casa e ao entrar na sala de estar as cortinas se abrirem automaticamente, a iluminação se adequar ao horário e até mesmo a uma música preferida começar a tocar.

Isso não é a residência do futuro, mas sim, faz parte de sistemas de autogerenciamento que transforma as casas em sistemas inteligentes programando-as para realizar esses e muitos outros processos sem a necessidade de interação do morador a todo instante. Há algumas empresas no Brasil especializadas nesse tipo de automação residencial que oferecem, dentre outros, a possibilidade de irrigar o jardim, controlar a iluminação, aquecer a água da banheira, regular a temperatura do ar-condicionado e muitos outros tudo via celular.

Mas isso não é apenas um item de luxo, há sistemas integrados que permite, por exemplo, detectar possíveis vazamentos de gás nas cozinhas e até mesmo abrir as janelas para evitar que uma explosão ocorra. Ainda pensando em uma cozinha tecnológica, há grandes marcas de eletrodomésticos que oferecem refrigeradores com telas inteligentes, sensíveis ao toque e com diversas possibilidades de utilização, como criar lista de compras, avisar sobre a validade de alimentos, deixar alguns recados, entre outros.

Imagem: Divulgação