Campanha de conscientização do uso de máscaras na feira

De olho na proteção do feirante e sua família, da clientela e da sociedade, o Sindicato dos Feirantes de Guarulhos iniciou em meados de abril a campanha “Use máscara! Você me protege, eu te protejo!

“Verificamos que boa parte dos feirantes ainda não estava usando máscaras, assim como muitos fregueses. E isso era preocupante num momento em que o novo coronavírus chegava de vez ao Brasil, ameaçando a saúde pública. A feira é um equipamento essencial de abastecimento. É essencial porque leva produtos frescos a preços justos, praticamente na porta das pessoas, isso ajuda a fornecer uma alimentação balanceada e saudável e evita maiores deslocamentos do consumidor a outros pontos da cidade. Por outro lado, coloca o feirante na linha de frente do risco de contágio. Com a máscara, reduzimos as chances de adoecer. Por isso escolhemos o lema ‘Use máscara! Você me protege, eu te protejo’”, diz Hélio Massaaki Teruia, presidente do Sindfeira Guarulhos. E prossegue: “Sabemos que não existe ainda vacina para prevenir a Covid-19 e nem medicamento eficaz e confiável no tratamento da doença. Sabemos também que a doença tende a sobrecarregar o sistema público de saúde, que não consegue acolher tantas pessoas debilitadas pelo contágio ao mesmo tempo. Assim, avaliamos necessário fazer esta campanha de conscientização dos riscos da pandemia para proteção uns dos outros.”

A campanha completou um mês, e neste período agregou vários parceiros como a empresa GB Baiano das Máquinas, no Pimentas, a Associação de Moradores do Jardim Tranquilidade, o Instituto de Formação Esportiva, do Jardim Ponte Alta, a lanchonete Gato Gordo, do Parque Jurema, e o lava rápido e estacionamento Bem Brasil, no Centro. Neste fim de semana vieram somar esforços conosco para poupar vidas a empresa Vegus Construtora, Morandini Indústria Química, e a ONG Olhar de Bia. Estas parcerias, que colaboram com doação e distribuição gratuita de máscaras, permitiram que hoje praticamente a totalidade dois feirantes e dos frequentadores façam uso da proteção facial. A Prefeitura decretou medidas para criar um ambiente com menor risco de contaminação na feira, com a abertura dos corredores por onde transita a clientela, a redução e o afastamento das barracas e a utilização de álcool em gel por todas as bancas. “Com a campanha bem-sucedida do uso de máscaras, o Sindicato vem colaborando com o poder público para vencer esta pandemia e ao mesmo tempo manter a feira em funcionamento. Este equipamento de abastecimento é muito importante para nossas comunidades e, apesar da pandemia, a feira continua bem frequentada. Razão que levou a campanha a extrapolar as feiras livres e se expandir para as comunidades carentes de Guarulhos”, afirma Hélio Teruia. “A gente sabe que a população não tem o hábito de utilizar a máscara e, às vezes, nem recursos para adquiri-las, mas a campanha de conscientização levará à mudança de atitude que fará toda diferença pra gente superar a crise epidêmica. O Sindicato que representa a categoria em nosso município fez e continuará fazendo a sua parte neta luta”, conclui o presidente.