Campanha 16 Dias de Ativismo é aberta em evento no Paço Municipal

Da Redação

A campanha 16 dias de Ativismo foi aberta nesta manhã no auditório do Paço Municipal, no Jardim Bom Clima. Com o tema “Entenda o que é machismo. Vamos juntos desconstruir essa ideologia”, a campanha tem como objetivo conscientizar e mobilizar toda a população sobre os diferentes tipos de agressão contra as mulheres.

A subsecretária de Políticas para as Mulheres, Verinha Souza, ressaltou que a atividade representa uma ação estratégica de mobilização e combate a todas as formas de violência praticadas contra as mulheres e relembrou a origem da Campanha do Laço Branco – Homens pelo Fim da Violência Contra Mulheres. Na oportunidade, fez um balanço dos atendimentos da pasta, falou sobre as ações em defesa da mulher, a Patrulha Maria da Penha, a Casa Abrigo e o empoderamento da mulher.

Representando o prefeito Guti, o secretário de Governo, Edmilson Sarlo, o Americano, ressaltou a importância das causas para conscientização da sociedade nas lutas pelos diversos temas apresentados. Americano condenou o machismo de forma veemente, bem como a omissão das pessoas quando presenciam casos de violência.

Presente na solenidade, a secretária de saúde, AnaCristina Kantzos, observou que os casos de feminicídio são alarmantes e que em Guarulhos foram implantados em 2017 dois núcleos de atendimento a vítimas de violência.

Já a delegada da mulher, Luciana Lopes dos Anjos Granato Xavier, colocou os serviços da delegacia de Defesa da Mulher à disposição da população para denúncias de violência.

Coordenados pela Secretaria de Direitos Humanos (SDH), por meio da Subsecretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), os 16 Dias de Ativismo contarão com palestras e diversas atividades em espaços públicos a fim de democratizar e popularizar a campanha para construção de uma sociedade reflexiva, sem preconceitos e sem violência de gênero.

Ativismo

Idealizada por um grupo de mulheres de diferentes países, a campanha é realizada mundialmente com início no dia 25 de novembro. No Brasil, o Dia Nacional da Consciência Negra foi integrado ao calendário de atividades com as seguintes datas: 20/11 – Dia Nacional da Consciência Negra; 25/11 – Dia Internacional da Não Violência Contra as Mulheres; 29/11 – Dia Internacional dos Defensores dos Direitos da Mulher; 01/12 – Dia Mundial de Combate à Aids; 06/12 – Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência Contra as Mulheres; 10/12 – Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Fonte: Prefeitura de Guarulhos