Câmara prevê orçamento de R$ 170 milhões para 2024

- PUBLICIDADE -

Dado foi divulgado em audiência pública que debate a LDO

A Câmara Municipal de Guarulhos participou da série de audiências públicas que debatem a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), na última quinta-feira (15/06), e divulgou suas projeções para 2024. O evento foi presidido pelo vereador Geraldo Celestino (PSC) e a mesa de trabalhos contou com os servidores: Silvio Sampaio da Silva, gestor de Planejamento Estratégico de Finanças; Priscila Naomi Kinjo, diretora executiva de Assuntos Financeiros; José Adriano Zago de Castro, presidente da Comissão de Compras, Licitação e Contratos; e Cleber Pereira Maciel, agente de Controle Interno e Auditoria.

O Legislativo estima um orçamento total de R$ 170 milhões para o próximo ano. Esse valor deverá ser empenhado em: folha de pagamento, previdência, benefícios, serviços em geral, material de consumo, aquisição de mobiliários e equipamentos, além de reforma da sede.

Priscila Kinjo lembrou que o cálculo do orçamento da Câmara é estipulado pela Constituição Federal. “A nossa receita, do total do montante do Município, é 4,5%; ela é composta por todos os impostos, as taxas e as contribuições, tanto municipais quanto estaduais e federais”, explicou.

A diretora de Assuntos Financeiros ressaltou que a Constituição Federal ainda determina que a Câmara não poderá gastar mais de 70% de sua receita com folha de pagamento. “Para a LDO de 2024, a previsão é 60%”, completou.

Além de participar pessoalmente, os munícipes puderam acompanhar a audiência pública de maneira remota, uma vez que os trabalhos foram transmitidos ao vivo pela TV Câmara e na plataforma e-Democracia. Clique aqui para acessar a galeria de fotos do evento. Confira a audiência na íntegra clicando aqui.

- PUBLICIDADE -