Câmara delibera PL que proíbe copos e canudos plásticos

Lucy Tamborino

Em votação realizada ontem a Câmara deliberou o projeto de lei que pretende proibir o uso de canudos e copos plásticos em estabelecimentos e eventos, tanto públicos, quanto particulares aprovados pela prefeitura. O PL segue agora para as comissões para receber os respectivos pareceres e depois retornar à pauta da Casa de Leis. Para seguir para sanção do prefeito, deve ser aprovado em duas votações pelos parlamentares. 

O texto prevê que a multa para quem infringir a lei seja de mil Unidades Fiscais do Município (UFGs) de Guarulhos, o que equivale atualmente a R$ 3.318,80. A lei ainda estabelece que caberá aos estabelecimentos e eventos substituírem os copos e canudos plásticos por qualquer outro material biodegradável.

“Embora aparentemente inofensivos, os populares canudinhos e copos plásticos, têm vida útil de em média três minutos com a contrapartida de levaram mais de 300 anos para se degradarem”, justificou o vereador Ramos da Padaria (DEM), autor do PL, afirmando que o material frequentemente não é reciclado, sendo os maiores poluidores do meio ambiente.

Ainda na sessão, os vereadores derrubaram o veto a dois projetos. Um que institui o divórcio coletivo no munícipio e outro que autoriza o Executivo a criar uma farmácia de manipulação. Já o projeto que pretendia proibir o uso de veículos de tração animal teve seu veto mantido pela Casa de Leis.

Imagem: Lucy Tamborino