Câmara de Guarulhos realizou sessão extraordinária nesta quinta

43ª Sessão Extra – 01.10.2020 – Nico Rodrigues

A Câmara de Guarulhos realizou uma sessão extraordinária virtual nesta quinta-feira, 1º de outubro. Os trabalhos foram conduzidos pelo líder de governo e vice-presidente da mesa diretora, Dr. Eduardo Carneiro (Cidadania). Dezenas de Requerimentos de vereadores, com pedidos de informações à Prefeitura foram deliberados, entre eles, solicitações de esclarecimento sobre as tarifas cobradas pela Sabesp; o afastamento de servidores por motivo de saúde; o serviço gratuito de translado de corpos; e sobre a relação de funcionários falecidos.

Os vereadores da bancada de oposição questionaram o elevado número de demissões de médicos no Hospital Municipal de Urgências (HMU). No plenário do Legislativo, quatro parlamentares participaram da sessão presencialmente: Rafa Zamprônio (PSDB), Laércio Sandes (DEM), Edmilson Souza (PSOL) e Dr. Eduardo Carneiro.

Na pauta, 22 itens constavam para deliberação, mas nenhum Projeto de Lei foi votado. Destaque para o PL 1.405/2020, do Executivo, que altera a Lei 7.550/2017, sobre a estrutura organizacional da Administração Direta do Município. O projeto altera a nomenclatura de unidades de execução do “Programa Comunidade na Escola”, da Secretaria de Educação, para “Programa Escola 360”. A proposta ficou pendente de votação junto a outros seis Projetos de Lei de autoria do Legislativo. Isso porque a sessão foi encerrada antes do término do horário previsto. A justificativa para o encerramento da sessão, segundo o presidente em exercício, Dr. Eduardo Carneiro, foi manifestação antiregimental incompatível com o prosseguimento dos trabalhos legislativos, conforme Art. 150, parágrafo único, do Regimento Interno.