Câmara aprova prorrogação de Programa de Parcelamento de Dívidas

Por Rômulo Magalhães

A Câmara Municipal aprovou ontem, em primeira e segunda discussões da sessão extraordinária, a alteração do Projeto de Lei 193/2018 da Prefeitura, que prorroga o prazo para os contribuintes quitarem os débitos inscritos na Dívida Ativa até 29 de março.

Com a alteração, os cidadãos terão mais uma chance para pagar os impostos com redução de 80% do valor de juros e multas. Agora, o texto foi para a sanção do prefeito Guti.

Apesar de ter sido favorável ao projeto, a vereadora Janete Pietá (PT) afirmou que o PL já deveria ter sido criado com um prazo mais longo. “É inadmissível que um governo que se diz tão competente já não tivesse feito com um prazo maior. Esse projeto vai trazer mais verbas para prefeitura para que utilize, espero, em prol da população”, discursou na tribuna.

Para o vereador Laércio Sandes (DEM), o planejamento para que fosse pago até o final de janeiro foi um erro da prefeitura. “Que as próximas anistias, pensem um pouco mais e não deixem apenas até janeiro. Janeiro é difícil para as famílias brasileiras.  O prazo no mínimo deveria ser para abril”, reclamou.

Foto: Rômulo Magalhães