Após protesto, Temer reúne ministros para discutir preço do combustível

Da Redação

Após o protesto dos caminhoneiros, o presidente Michel Temer marcou para ontem a noite uma reunião para tratar do preço da gasolina. Foram convocados para a conversa os ministros de Minas e Energia, Moreira Franco, da Fazenda, Eduardo Guardia, e do Planejamento, Esteves Colnago, além do secretário da Receita Federal, Jorge Rachid.

Pouco antes do encontro, o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil) antecipou que Temer quer rever a situação da alta nos combustíveis para que o preço seja “previsível” para os consumidores. Segundo ele, o presidente demonstrou preocupação com os aumentos constantes do valor da gasolina e do diesel. De acordo com Padilha, o presidente “gostaria de ver isso resolvido da forma mais palatável” para o cidadão e com rapidez.

Até o fechamento desta edição a reunião não havia terminado.

Foto: Isac Nóbrega/PR