Após decisão de Doria, Guarulhos perde R$ 20 milhões em repasses do Governo do Estado

Doria, Governador, São Paulo,
- PUBLICIDADE -
Corrida Folha Metropolitana

Lucy Tamborino

O governador João Doria (PSDB) rescindiu dois convênios com Guarulhos que totalizava o envio de R$ 20 milhões para obras de infraestrutura urbana do município. A verba havia sido destinada para a cidade no mês passado ainda durante a gestão do ex-governador Márcio França (PSB).

Os dois convênios, com valor de R$ 10 milhões cada, eram referentes a recapeamentos de 59 vias representando 38 km e foram firmados em 26 de dezembro de 2018 e suspensos no último sábado (05) para revisão e análise técnica da administração estadual. A medida faz parte de uma resolução da Secretaria de Desenvolvimento Regional, após um decreto do governador, que estabelece diretrizes para a reavaliação e cancelamento de transferências de recursos. No total, foram cancelados 58 convênios com valor superior a R$ 143,8 milhões firmados com municípios paulistas entre os dias 18 e 28 de dezembro, a maioria liberando recursos para pavimentação de vias municipais.

Em nota, o estado informou que os repasses prometidos pela gestão anterior carecem de informações precisas. “Não têm detalhados quais serão suas fontes de receita e não cumprem os requisitos técnicos comuns para a assinatura de convênios”, informou.

Em nota a prefeitura, através da Secretaria de Obras, informou que analisa a ação do governador para definir as medidas que poderão ser tomadas para reverter a situação.

Deputados que representam a cidade tentam reverter a situação

Os deputados estaduais Jorge Wilson (PRB) e Márcio Nakashima (PDT), e o deputado federal Eli Correa Filho (DEM), afirmaram à Folha Metropolitana que tomarão medidas para reverter à situação. Jorge Wilson informou que esteve em reunião na tarde de ontem com Doria. “O governador está reavaliando, tendo em vista a importância desses convênios”, garantiu.

Nakashima lamentou a decisão do governador já que a cidade possui inúmeros problemas de infraestrutura urbana. “Guarulhos necessita destes investimentos e vai lutar para que os contratos sejam reconsiderados, de forma detalhada e transparente”, afirmou em nota.

Já Eli Correa Filho explicou que é comum um novo governo reavaliar as decisões adotadas pelo anterior. “Entretanto, implementarei articulações junto ao governo Doria para que Guarulhos não sofra prejuízos”, explicou.

Imagem: Arquivo

- PUBLICIDADE -