Após acusação de estupro, deputado Auriel Brito solicita afastamento do PT para se defender

Da Redação

Após ser acusado de estupro pela cunhada de 15 anos, o deputado estadual Auriel Brito apresentou, na última terça-feira (03), um pedido de afastamento temporário junto ao Partido dos Trabalhadores (PT) para se dedicar exclusivamente à sua defesa.

“Maior interessado em esclarecer os fatos, o deputado empenhará toda a sua energia para provar que as acusações além de infundadas, são fruto de chantagem”, afirmou em nota enviada por sua assessoria.

A garota, que seria irmã da mulher do deputado, registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia de Defesa da Mulher no último dia 29. Segundo o BO, a jovem relatou que está sofrendo abusos desde julho do ano passado. Ele se aproveitaria de momentos em que ninguém está observando para passar a mão nas partes íntimas da vítima.

O último fato, segundo a menina, aconteceu no dia 20 de janeiro, quando estavam em viagem em Santa Catarina. Por conta dos diversos ocorridos, a vítima estaria se automutilando nos braços. A Polícia Civil requereu exame de corpo de delito e a delegada Luciana Lopes apreciará o caso.

Foto: Divulgação