Aparecimento constante de escorpiões preocupa mãe no Continental II

Mayara Nascimento

A rua Sessenta e Sete, também atendida pelo nome de rua Vista Alegre, no Continental II, é sem saída e tem fundos para um terreno com mato alto. Há um mês os moradores registram o aparecimento de escorpiões, taturanas e aranhas dentro das casas.

“Eu tenho um bebê de um ano que começou a engatinhar agora, e encontramos um ao lado dele. Por sorte matamos a tempo. Já denunciei na prefeitura, eles sempre transferem a ligação para outro departamento e ninguém resolve nada”, contou Jennifer Naiadi de Oliveira Santos, auxiliar administrativa, 22 anos.

Segundo Jennifer, um agente do Centro de Controle de Zoonoses foi até o local na segunda-feira (04), pegou o escorpião que havia guardado em um pote e recolheu ainda outros sete escorpiões que o vizinho encontrou em sua residência.

A prefeitura informou que em casos como este, a população pode fazer a denúncia pela Rede Fácil de atendimento ao Cidadão, de forma presencial, ou pela internet, no site da prefeitura, acessando na parte inferior da tela o link Portal de Serviços e, na sequência: 1. Guia de Serviços, 2. Vigilância em Saúde, 3. Animais, 4. Captura de animais peçonhentos.

Imagem: Divulgação