Alckmin assina contrato e dá início às obras das novas barragens do PCJ

O governador Geraldo Alckmin assinou nesta sexta-feira (09), os contratos para início das obras de construção das barragens de Pedreira, no rio Jaguari, nos municípios de Pedreira e Campinas, e Duas Pontes, no rio Camanducaia, em Amparo. Os novos reservatórios serão construídos abaixo do Sistema Cantareira e têm por objetivo criar uma reserva hídrica estratégica na bacia do Piracicaba, Capivari e Jundiaí.

“O bem mais valioso para o desenvolvimento, para a cidade crescer, atrair empresas, gerar emprego, é a capacidade hídrica, é você conseguir garantir, mesmo na seca, água para todos e para o desenvolvimento. Então, esse é o objetivo das duas grandes represas. Vai ser importante para o turismo, para gerar mais emprego e desenvolvimento. E um grande investimento, se a gente somar as duas represas, dá mais de R$ 400 milhões, 1.500 empregos vão ser gerados na região”, disse o governador.

O reservatório de Pedreira ocupará uma área de 4,3 quilômetros quadrados, terá capacidade para acumular 31,9 milhões de metros cúbicos de água e disponibilizará uma vazão regularizada de 8,5 mil litros de água por segundo. O reservatório Duas Pontes terá uma área de 8,8 quilômetros quadrados, com capacidade para 53,4 milhões de metros cúbicos e disponibilizará uma vazão regularizada de 8,7 mil litros de água por segundo.

As obras representam um investimento de R$ 427,1 milhões do Governo do Estado e têm previsão de conclusão em 30 meses. As novas barragens do PCJ beneficiarão mais de 5,5 milhões de habitantes em 23 municípios.

Foto: Governo o Estado de São Paulo