Abril Verde: EDP alerta sobre segurança com arede elétrica durante obras e reformas

Foto: Divulgação EDP
- PUBLICIDADE -
Corrida Folha Metropolitana

Durante o Abril Verde, mês dedicado à prevenção de acidentes de trabalho, a EDP, distribuidora de energia com atuação em 28 municípios no Estado de São Paulo, reforça o alerta para os cuidados com a rede elétrica durante as atividades de profissionais da construção civil. A edição de 2024 do Anuário Estatístico de Acidentes de Origem Elétrica, editado pela Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade), traz informações preocupantes sobre o aumento de ocorrências com ferimentos e mortes em todo o país, em especial no Estado de São Paulo.

De acordo com o levantamento, o Brasil registrou em 2023 o maior número de acidentes com a rede elétrica dos últimos cinco anos. Foram 986 registros, o que representa 7,17% a mais do que em 2019. No mesmo comparativo, o número de mortes apresentou uma pequena redução (-3,2%), ou seja, os números seguem preocupantes. Foram 674 fatalidades no ano passado e São Paulo é o Estado com mais ocorrências registradas em todo o país, chegando a 88 acidentes que resultaram em 49 mortes.

Profissionais das áreas de construção e manutenção lideram os indicadores de mortes provocadas por acidentes com a rede elétrica, chegando a 17,1% (115 óbitos) do total de registros. “Notavelmente, os mais afetados são pedreiros, pintores e seus assistentes, que frequentemente trabalham próximos às redes elétricas sem a devida proteção e, ao manipular ferragens, acabam por tocar em cabos energizados, muitas vezes com tensões superiores a 13.800 volts. Os motoristas de caminhões com caçamba elevatória também figuram entre as vítimas recorrentes, pois ao elevar a caçamba sem observar a proximidade das redes elétricas, causam a energização do veículo e, ao tentarem sair, recebem descargas elétricas fatais”, aponta trecho do relatório da Abracopel.

O gestor de Operação e Serviços da EDP, Stevon Schettino, destaca a necessidade de contratação de profissionais qualificados, do uso de materiais certificados e da elaboração de projetos elétricos para as obras. “Antes de montar estruturas e de executar uma obra próxima à rede elétrica energizada, é necessária uma avaliação prévia de riscos pelo responsável técnico. No ambiente externo, uma das ocorrências mais perigosas e comuns é o toque ou a proximidade de ferragens ou ferramentas com a rede de distribuição de energia, principalmente quando se está sobre andaimes ou trabalhando nos andares superiores dos imóveis”, completa.

Stevon lembra que não há necessidade de se encostar na fiação. Em muitas, vezes, a aproximação com a rede já traz riscos de acidentes graves e queimaduras. “A negligência nessa área pode resultar em ferimentos graves ou até morte”, ressalta. De acordo com o gestor, a combinação entre informação e segurança é garantia de redução de riscos no ambiente de trabalho.

Confira abaixo algumas dicas para que os serviços sejam executados em
conformidade com as normas de segurança:

  • Capacitação e formação: Toda obra deve ter um responsável
    técnico, que vai supervisionar todos os detalhes e minimizar riscos;
  • Normas de segurança: Conheça e cumpra todas as normas de
    segurança elétrica locais e regulamentações específicas.
  • Planejamento e sinalização: Planeje a obra com antecedência e
    analise quais são os possíveis riscos, como altura da fachada para a
    pintura e proximidade da rede elétrica. Use sinalização para alertar
    sobre áreas de risco elétrico;
  • Identificação de fios e cabos: Antes de iniciar qualquer atividade
    com instalação elétrica interna, identifique os fios e cabos elétricos.
    Use etiquetas e cores padronizadas para facilitar o reconhecimento.
  • Equipamento de Proteção Individual (EPI): Use EPI, como luvas
    isolantes, capacetes, óculos de segurança e botas com sola de
    borracha, para proteger-se contra choques elétricos e outros riscos.
  • Redobre a atenção: Cuidado com rolos, bastões de pintura e
    andaimes. Atenção para não esbarrar nos fios na hora de pintar a
    fachada. Além disso, antes de movimentar estruturas metálicas,
    como barras de ferro, arames, calhas, certifique-se de que não há
    risco de encostar na rede elétrica;
    A EDP reforça a temática de segurança com energia elétrica na construção civil
    com ações contínuas em sua região de atuação, por meio de palestras
    educativas e entregas de informativos em lojas e empresas ligadas ao ramo.
    Vale destacar que, em caso de ocorrências que envolvam a rede de distribuição
    de energia elétrica, a Concessionária deve ser contatada imediatamente pelos
    canais de atendimento:
  • Site www.edponline.com.br
  • Aplicativo EDP Online
  • WhatsApp EDP: (11) 9 3465-2888
  • Central de Atendimento: 0800 721 0123
  • Agências de atendimento presencial
- PUBLICIDADE -