A importância da manutenção preventiva nos imóveis

Quando o assunto é reforma é impossível não pensar no tempo que levará, no dinheiro que será gasto, nos prazos que muito dificilmente serão cumpridos, entre outros. Mas grandes reformas podem ser evitadas se manutenções periódicas forem feitas nos imóveis.

“Todo imóvel precisa de cuidados e dedicação. Nossa casa, para ser um local agradável, precisa, além de ser mantida limpa, estar com a estrutura íntegra e funcional. Isso evitará incômodos como vazamentos, entupimentos, problemas elétricos, entre outros”, afirma Gabriela Coelho, da Ink Incorporadora.

Cuidados com as instalações elétricas
Se o funcionamento das instalações elétricas não for adequado pode haver queima de lâmpadas ou de aparelhos elétricos, estouros e curto-circuito. Cuidados básicos devem ser tomados para que isso seja evitado.

Limpeza de piso
Cada piso exige uma forma diferente de limpeza. A limpeza ideal para pisos de madeira, por exemplo, deve ser feita com aspirador de pó, vassoura de pelo ou um pano macio seco. Já o mármore e o granito podem ser limpos com um pano úmido. A cerâmica necessita apenas de água e sabão para ficar limpa. O porcelanato é um piso resistente e pode ser higienizado com água.

Forros de gesso
Nos forros de gesso não pode haver impactos e nem se deve fixar ganchos ou suportes para objetos, pois eles não são feitos para suportar peso e podem quebrar.

Pintura
O ideal é que casas e apartamentos sejam repintados a cada 5 anos. Nesse ponto, uma dica importante é que tintas látex e acrílicas possuem maior resistência à sujeira e são mais fáceis de limpar: um pano macio e levemente umedecido resolve o problema.

(Folhapress)
Foto: Divulgação