Coluna Livre com Hermano Henning

Coluna Livre com Hermano Henning

Ouvi ontem de um dos jornalistas da TV Câmara de Guarulhos que os profissionais daquele setor, são vinte ao todo, não estão parados, embora a emissora se encontre fora do ar desde o ano passado. Em julho completa um ano que terminou o contrato com a locadora de equipamentos e, na época, não foi renovado por ordem do então presidente da Casa, vereador Eduardo Soltur.

“Não somos responsáveis por isso. Dizem que não queremos trabalhar. Isso não é verdade”, diz o jornalista.

E ele explicou que, quem quiser conferir, pode fazê-lo. É só se conectar com a Rádio Câmara que traz uma espécie de podcast com as entrevistas dos vereadores, cobertura do trabalho das comissões e principais assuntos que movimentam o nosso Poder Legislativo. Está tudo à disposição do cidadão guarulhense no site oficial da Câmara (www.guarulhos.sp.gov.br). Basta rolar a página e, no lado esquerdo, clicar em WEB RÁDIO. Está tudo lá.

“Assim”, continua meu interlocutor, “engana-se quem pensa que a diretoria está ociosa.” Ele fala da diretoria de Comunicação da TV e Rádio Câmara, subordinada à Secretaria de Imprensa da Casa, chefiada por jornalista contratado em comissão, ou seja, não pertencente ao quadro de funcionários.

— Se ainda está longe do ideal sem o retorno da TV, os funcionários continuam se dedicando ao trabalho.

Lembro que, por licitação realizada no mês passado, a entrega de equipamentos para a operação normal da TV se dará agora no mês de julho. Vamos aguardar.

Moro preso e Lula solto

Depois de ouvir uma “mesa redonda” promovida pela Rádio CBN sobre o vazamento das conversas da força tarefa da Operação Lava Jato, cheguei à conclusão: O que se quer agora é a prisão do hoje Ministro da Justiça Sergio Moro e a liberdade do ex-presidente Lula. Se preparem. A imprensa engajada está mais feroz do que nunca.

Deixaram de incluir na discussão da CBN a situação dos outros réus da Lava Jato. Políticos e empreiteiros torcem para o fim da operação que pôs fim ao maior esquema de corrupção que se tem notícia na história desse país. E muita gente no Congresso também. O Centrão e o lulopetismo juntos.

Só Lula, preso lá em Curitiba, é lembrado nessa história. O benefício para os políticos e empreiteiros corruptos vem depois.

Um dos entrevistados reforçou a alegação de que não deixaram Lula ser ouvido na prisão durante a campanha eleitoral para dificultar a eleição de Haddad. Em sendo assim, a rigor, até o pleito em si deveria ser anulado. Já pensou?

Deixe seu Comentário