Calçadas do Parque Continental II estão com mato alto e acumulam entulhos

Calçadas do Parque Continental II estão com mato alto e acumulam entulhos

Mayara Nascimento

A calçada da rua Jair Soares de Mesquita, na altura do número 241, está com mato alto. No local há um ponto de ônibus, no qual os pedestres são obrigados a caminhar pela rua quando desembarcam do transporte coletivo, assim correndo o risco de atropelamentos e demais acidentes.

Na rua Pastor João Nunes, altura do número 37, no mesmo bairro, os moradores da região sofrem pelo menos motivos. A falta de limpeza e capinagem se junta ao fato de no local não ter um ponto de ônibus adequado.  A placa de identificação de ponto de ônibus é fixada a um poste de iluminação na via, onde não existe calçada.

“Ninguém consegue ficar no ponto, porque não tem nem calçada. A maioria das pessoas só desce nesses pontos de ônibus, mas fica difícil de qualquer forma para os moradores quando está de noite”, comentou Marcelo Oliveira, 43, morador do bairro há 12 anos.

No bairro existe o Ponto de Entrega Voluntária (PEV) Continental, que recebe materiais de descarte. Segundo Oliveira, a população também desrespeita o local e realiza o descarte na calçada fora do horário de funcionamento.

Em nota, a Progresso e Desenvolvimento Guarulhos S/A (Proguaru), informou que realizará uma vistoria nas ruas e em seguida, programará a execução da limpeza e capinagem.

Imagem: Divulgação

Deixe seu Comentário