Programa Mesa Educadora reúne profissionais da educação infantil no Adamastor

Programa Mesa Educadora reúne profissionais da educação infantil no Adamastor

Da Redação

Cerca de 100 cursistas e mediadores reuniram-se no teatro do Adamastor Centro, no último dia 14, para o primeiro encontro da 11ª edição da Mesa Educadora do Programa Fundo do Milênio para a Primeira Infância. O evento contou com leitura fruição, contextualização do programa, algumas brincadeiras e interação entre os participantes.

Com uma programação intensa de formação para os profissionais da educação infantil, na busca de qualificação quanto à educação e ao cuidado com as crianças nos seus primeiros anos de vida, o encontro contou com a participação de professoras, coordenadoras pedagógicas, diretoras, vice-diretoras, assistentes de gestão, agentes de portaria e cozinheiras das escolas da Prefeitura de Guarulhos (EPGs), além de professoras de instituições parceiras.

O Mesa Educadora tem como objetivo constituir novas formas de olhar para a ação docente, por meio da pesquisa-ação; da partilha de experiências e da escuta da voz das educadoras num espaço formativo contínuo, reiterando a autonomia dessas profissionais na sua autoformação, e intensificando o trabalho em grupo na transformação e criação dos espaços escolares, proporcionando momentos lúdicos nos quais as educadoras possam compartilhar e criar brincadeiras.

A carga horária anual do programa é de 240 horas de formação divididas em 90 horas de encontros semanais, 30 horas de registro em cadernos de memórias, 30 horas de atividades complementares (exposições, teatro, cinema, palestras e outros eventos) e 90 horas de projeto institucional. Para certificação, a educadora deve atingir 80% de frequência.

Mesa Educadora

O Programa Mesa Educadora é fruto de um projeto do Fundo do Milênio para a Primeira Infância da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco). O programa é um espaço organizado para capacitação permanente dos educadores, com recursos materiais e ferramentas pedagógicas que auxiliam os profissionais a refletirem, qualificarem e valorizarem suas práticas de ensino.

Em 2008, o programa iniciou parceria com a Prefeitura de Guarulhos, onde permanece até o presente momento, tendo contemplado cerca de 1400 educadoras. A Secretaria Municipal de Educação tornou-se referência nacional neste programa formativo, devido ao número de educadoras beneficiadas com a formação e pela estrutura física da sala onde as atividades acontecem.

Imagem: Divulgação/ PMG

Deixe seu Comentário