Funcionários do Stella Maris estão mais uma vez sem pagamento

Funcionários do Stella Maris estão mais uma vez sem pagamento

Mayara Nascimento

Mais uma vez os funcionários do Hospital Stella Maris (HSM) não receberam o pagamento mensal. Enfermeiros, médicos, funcionários administrativos e demais setores do hospital tiveram apenas 20% dos vencimentos de janeiro depositados em suas contas. Já os trabalhadores terceirizados ainda não receberam nada.

A situação já se arrasta desde o ano passado, já que desde fevereiro de 2018 constam atrasos mensais no pagamento de todos os funcionários. “O hospital nos disse que não tem previsão de quando será feito o pagamento restante. Algumas pessoas que reclamaram sobre a situação foram demitidas”, contou um colaborador do setor de manutenção, que prefere não se identificar.

Em julho do ano passado, a Folha Metropolitana já havia denunciado uma possível paralisação do corpo clínico devido à falta de pagamento. Os profissionais sofrem há muito tempo com atrasos de pagamentos e isso afeta diretamente no atendimento aos pacientes que, com a desmotivação por parte dos trabalhadores da saúde, enfrentam filas e longo tempo de atendimento na unidade.

O HSM recebe repasse de verba tanto da cidade quanto do Estado de São Paulo por atender pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). A grave crise financeira que a instituição enfrente já se arrasta há anos, principalmente devido à má gestão do hospital. Em agosto de 2014 a ala de maternidade chegou a ser fechada tanto para os pacientes particulares quanto para o SUS, devido aos altos custos.

Até o fechamento desta edição não foi possível o contato com o Hospital Stella Maris.

Imagem: Pedro Lacerda

Deixe seu Comentário