Governo discute proposta de musicalização nas escolas com maestro João Carlos Martins

Governo discute proposta de musicalização nas escolas com maestro João Carlos Martins

Da Redação

O prefeito Guti recebeu hoje o maestro João Carlos Martins, em reunião no Paço Municipal, no Bom Clima, para discutir a proposta de ensino de música clássica nas escolas da rede municipal de educação e a criação de uma orquestra profissional, a partir da experiência do maestro com a Fundação Bachiana e seus diversos núcleos de musicalização espalhados pelo Estado de São Paulo.

De acordo com o maestro Emiliano Patarra, fundador da Orquestra Jovem de Guarulhos, ambas as propostas estão sendo estudadas pela Secretaria de Educação e têm por objetivo fortalecer a cultura erudita na cidade, bem como oferecer ensino de música para todas as faixas etárias. “Hoje temos um conservatório de grande qualidade e excelentes profissionais. Podemos oferecer o ensino de música para todos os ciclos, desde as crianças até a profissionalização”, explicou Patarra, lembrando que a Orquestra Jovem completou 15 anos recentemente.

Para o prefeito, que estava acompanhado do secretário de Governo, Peterson Ruan, educação e cultura são essenciais para a formação dos cidadãos e de profissionais criativos e com capacidade reflexiva. “O maestro João Carlos Martins contribuiu e continua contribuindo muito com a cultura no nosso país e é uma honra tê-lo aqui compartilhando suas bem-sucedidas experiências nessa área. Estamos estudando todas as possibilidades de viabilizar não apenas esse projeto, mas todos aqueles que fomentem a cultura e educação em nossa cidade”, comentou Guti.

João Carlos Martins destacou o potencial cultural e econômico do município e se colocou à disposição para colaborar com o projeto. “Guarulhos sedia o maior aeroporto da América Latina, onde estão localizadas grandes companhias aéreas e de serviços. Isso sem contar as milhares de empresas que também podem ser parceiras dessa iniciativa. A música transforma e estamos aqui para promover essa mágica”, finalizou o maestro.A

Imagem: Fábio Nunes/ PMG

Deixe seu Comentário