Os canalhas também envelhecem

Os canalhas também envelhecem

Após a denúncia de mais de 300 mulheres pela prática de crimes contra a liberdade sexual, a justiça de Goiás decretou nesta sexta-feira (14/06) a prisão de João Teixeira de Faria, de 76 anos, o qual afirmou inocência e disposição em cumprira lei brasileira.

Popularmente conhecido como João de Deus ou João de Abadiânia, o médium brasileiro era respeitado por inúmeras personalidades do primeiro mundo, países como Estados Unidos, Alemanha e Suíça, tendo participado de programas televisivos e cerimônias que lhe deram ampla notoriedade, possuindo dentre seus consulentes nomes como as apresentadoras Oprah Winfrey e Xuxa Meneguel ou presidentes de nações como Bill Clinton e Lula, sendo indiscutivelmente um nome de destaque nomeio espírita, apesar de se declarar católico em uma entrevista de 2012 para a Revista Isto É!, por isso motivando indignação e perplexidade social as acusações que ora lhe são atribuídas, qual seja; de aproveitar-se da fragilidade de seus fieis para lhes impor o ato sexual ou libidinoso sem consentimento, algo cruel, desumano, porque praticado por um líder religioso dentro de seu templo, lugar onde suas vítimas se apresentavam carentes e indefesas, apenas confiantes nos milagres.

Não se propõe aqui discutir a mediunidade de João de Deus ou seus trabalhos sociais para a população carente de Abadiânia, merecendo destaque a “Casa da Sopa” e a“Casa do Banho”, onde eram servidas refeições gratuitas e permitidas a higienização pessoal e das próprias roupas, mas, ora se permitindo perguntar se o médium, ele próprio, não se encontrava doente a ponto de não ser percebido por outros membros daquela comunidade religiosa, pois, nada justifica o desvio de caráter e de conduta que dele se apossaram, algo demoníaco e inaceitável para quem se propõe a praticar o bem e a caridade, a distribui amor como preceito da própria existência.

Por mais que não se deva prejulgar ninguém, infelizmente a quantidade de vítimas e a própria filha denunciando-o das sevícias sexuais nos leva a triste realidade que algo incomum acontecia em seus atendimentos particulares, em salas fechadas, aliás, ponto este que serve de alerta para quem não conhece a doutrina espírita, para que não generalize a acusação contra os espiritas de um modo geral, notadamente porque não se pratica a assistência espiritual isoladamente entre o médio e o consulente.

E tal como o médico Roger Abdelmassih, se provada a culpa, João de Deus deixará de herança não mais bons trabalhos, mas a vergonha em razão deles ao final da vida,tornando oportuna as lições de Ruy Barbosa: “Não se deixem enganar pelos cabelos brancos, pois os canalhas também envelhecem”.

Deixe seu Comentário