Assistência Social oferece curso de Cuidador de Idoso

Assistência Social oferece curso de Cuidador de Idoso

Da Redação

Com o aumento da expectativa de vida no país, o cuidador de idosos é cada vez mais requisitado pelas famílias e instituições. A Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade e com a ONG Acolher Instituto, oferece gratuitamente o curso básico de Cuidador de Idoso como opção de capacitação profissional. A primeira turma iniciou o curso em meados de setembro e deve concluí-lo no próximo mês. Inscrições para próximas turmas podem ser feitas a partir do dia 8  de janeiro e a previsão é de que as aulas comecem em fevereiro.

As aulas, teóricas e práticas, acontecem para duas turmas de 20 alunos cada (das 13h às 17h e das 18h às 22h) no Acolher Instituto (rua Asdrubal Zanetti, 32, Bom Clima). Noções de anatomia e fisiologia humana; alterações fisiológicas do envelhecimento; doenças; como administrar medicações; alimentação; estímulo à mobilidade e a cognição; banho e higiene e prevenção de quedas são alguns dos assuntos abordados no curso.

Entre as características que o profissional deve ter estão boa comunicação, empatia, generosidade, discrição, paciência, boa comunicação além de sensibilidade e olhar para o idoso, de acordo com a fisioterapeuta Renata de Jesus Teodoro, professora que ministra voluntariamente o curso.“Enquanto a pessoa não se descobre como um ser humano que envelhece, ela não é capaz de cuidar do outro”, afirma a professora que ressalta ainda a existência de grande demanda de cuidadores do sexo masculino. “No mercado há falta de cuidadores de idosos do sexo masculino e os que se capacitam, conseguem trabalho muito rapidamente,” explica.

Moradora do Cocaia, a professora aposentada Maria Helena Dias White Ferreira, 61 anos, casada, é uma das aulas da primeira turma. “Já cuido de uma pessoa de 87 anos e procurei pelo curso porque senti que precisava de mais informações sobre cuidados, como medir pressão arterial. Me identifiquei bastante com idosos depois de trabalhar voluntariamente em alfabetização de adultos na igreja”, contou a aposentada.

Já Nádia Fonseca, 55 anos, trabalhava como babá e acredita que há mais possibilidade de colocação profissional como cuidadora de idoso.“Procurei o curso para me especializar, já que gosto tanto de crianças como de idosos. Estou tendo conhecimentos básicos primeiro para depois procurar trabalho. Estou adorando o curso,” Nádia, que é mãe de dois filhos e mora no Jardim São Francisco.

 Serviço:

Inscrições para novas turmas Curso de Cuidador de Idosos – a partir de 8 de janeiro de 2019
Local: Restaurante Escola Praça Gourmet  – praça Getúlio Vargas, s/nº(prédio da antiga Câmara Municipal)
Telefone: 2468.2090
Imagem: Sidnei Barros/PMG

Deixe seu Comentário