Sem manutenção, escola apresenta sinais de destruição e abandono

Sem manutenção, escola apresenta sinais de destruição e abandono

Da Redação

Sem receber a manutenção adequada, a Escola Estadual Professor Homero Rubens de Sá apresenta sinais de destruição e abandono. A denúncia foi feita à Folha Metropolitana por um grupo de representantes da unidade escolar.

Segundo eles, o laboratório de informática, por exemplo, foi transformado em depósito e é possível perceber o desgaste aparente em toda estrutura por falta de reforma. Além disso, faltam materiais esportivos em boas condições e até lixos plásticos estão quebrados.

Nas salas de aula, ventiladores quebrados (com menos da metade funcionando), portas e fechaduras enferrujadas e janelas quebradas, fazem parte do cenário. Em toda escola é possível ver fiações expostas, luzes sem funcionar e muros com desgaste aparente.

Neste ano, a unidade de ensino recebeu cerca de R$ 34,1 mil do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) para manutenção escolar, conforme o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Em nota, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo informou que a escola passa por reformas e manutenções frequentes, totalizando mais de R$ 360 mil investidos ao longo dos últimos três anos. A pasta ressaltou ainda que todos os alunos podem frequentar salas de informática, laboratório de ciências biológicas, laboratório de química, sala de vídeo, anfiteatro e sala de leitura quando há atividades pedagógicas e com acompanhamento do professor.

Imagem: Divulgação

Deixe seu Comentário