Sexta-feira é o Dia D no mês de combate às hepatites virais

Da Redação

Doenças silenciosas, que muitas vezes não apresentam sintomas, as hepatites virais estão norteando todas as ações de promoção à saúde na rede pública de Guarulhos neste mês dedicado à sua prevenção. Por meio do Programa Movimenta Saúde, o município promove nesta sexta-feira (19) o Dia D do Julho Amarelo, com a intensificação da programação alusiva ao tema em todos os serviços municipais.

Por isso, nesta data, nos serviços de saúde de Guarulhos a população será estimulada a fazer o teste rápido para a detecção da doença, bem como a se vacinar contra a hepatite B. Além disso, encontrarão nas unidades diversas atividades, como palestras, rodas de conversa, apresentação de vídeos, entre outras ações voltadas também para a prevenção da hepatite A. Haverá ainda ações direcionadas aos profissionais das áreas de saúde e estética, que receberão orientações sobre os cuidados com os materiais perfuro-cortantes e sua esterilização.

A campanha Julho Amarelo, realizada pelo Movimenta Saúde, foi instituída em âmbito nacional neste ano por uma lei, em alusão ao Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais, celebrado em 28 de julho. A data foi criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 2010 para conscientizar a população sobre a importância de prevenção, diagnóstico e tratamento de uma doença que, por não apresentar sintomas, pode se tornar crônica e causar danos graves ao fígado, como cirrose e câncer.

Programação do Dia D

A programação na rede municipal de saúde é totalmente gratuita e aberta à população. Dentre as ações previstas, destacam-se as técnicas de plantio e manuseio correto dos alimentos, saneamento básico e higienização adequada dos gêneros alimentícios, que serão tratadas pelo grupo da horta na Unidade Básica de Saúde (UBS) Carmela, às 8h.

A UBS Ponte Alta fará passeata de conscientização pelas ruas do bairro, das 9h às 11h, com distribuição de fôlderes informativos. À tarde, das 13h às 15h, haverá uma concentração no supermercado X para orientações e oferta de teste rápido, com entrega de preservativos à população. Uma caminhada também está prevista para sair às 7h da UBS Aracília, com intuito de alertar a comunidade sobre a importância da prevenção das hepatites.

Durante o dia todo, a UBS Presidente Dutra ofertará testes rápidos aos colaboradores de uma empresa do bairro e organizará rodas de conversa sobre o assunto. A UBS Tranquilidade também terá uma ação extramuros no Complexo Hospitalar Padre Bento, das 13h30 às 15h30, período em que realizará no local testes rápidos para a detecção do HIV e das hepatites B e C, além de fazer panfletagem sobre o tema durante o dia todo na unidade.

A partir das 9h30, a UBS Santos Dumont visitará pontos estratégicos como estabelecimentos de reciclagem, ferros-velhos e alguns salões de cabeleireiro para educação em saúde, além de montar uma tenda educativa na unidade para divulgação da prevenção das hepatites e das doenças sexualmente transmissíveis. A UBS Vila Fátima entregará folhetos e dará orientações sobre os testes rápidos durante as visitas domiciliares.

Panfletagem

O Dia D do Julho Amarelo também contará com panfletagem nos semáforos e comércios do bairro Gopoúva para orientações sobre prevenção, tratamento e diagnóstico das hepatites virais. A ação será realizada das 11h às 13h pelos profissionais do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA).

A UBS Cabuçu organizará das 8h às 11h uma exposição criativa contra as hepatites virais, assim como a Academia de Saúde Cabuçu, onde também haverá roda de conversa com o médico de família na parte da manhã, além da oficina Cozinha Compartilhada, com enfoque na higienização dos alimentos e das mãos durante o preparo, no período da tarde.

Na UBS Acácio, acontece às 14h o bingo educativo sobre hepatites virais, sendo que durante o dia todo haverá tenda decorada na frente da unidade para orientações sobre a vacina, convite para o teste rápido e distribuição de folhetos. Ainda, quem passar pelo Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Osório César (Gopoúva) nos períodos da manhã e da tarde poderá assistir a apresentações de teatro e vivências com hepatite. A programação do Dia D varia de acordo com as unidades. Para participar, basta conferir as atividades em um serviço da rede municipal de saúde.