Espalha Fatos com Sergio Lessa

Espalha Fatos com Sergio Lessa

O tempo dirá…

Integrantes do Partido Novo são vistos com frequência no Bosque Maia e em locais de grande circulação de pessoas divulgando a sigla. Seus seguidores afirmam que qualquer cidadão que quiser se candidatar, tanto na majoritária como na proporcional, terá de passar por um rigoroso teste de seleção, ou seja, não importa o padrinho ou o cacife, o que vale é a qualidade do indivíduo. Se o candidato a candidato não for aprovado, está literalmente fora. Apesar disso, representantes de diversos grupos políticos tradicionais de Guarulhos já estão garantindo seu lugar ao sol nesta nova ideologia política. Se a legenda não se deixar contaminar, realmente será um feito inédito.

Bateu no peito

Dias atrás, membro do alto escalão do PSL de São Paulo, muito ligado ao senador Major Olímpio, afirmou com todas as letras num famoso restaurante da cidade, que o partido de Bolsonaro terá candidato próprio a prefeito em Guarulhos. Sem medo de ser feliz e de maneira bastante entusiasmada, esse integrante do Partido Social Liberal afirmou que o nome do advogado e empresário Wilson Paiva, hoje filiado ao Novo, será anunciado em data oportuna. “Pode anotar”, desafiou. Anotado! Essa eu quero ver…

Efeito Ricupero

Alguns vereadores, assessores e funcionários do Legislativo que costumam circular no plenário da Casa, próximos aos microfones da tribuna e da Mesa Diretora, precisam ficar mais atentos e procurar melhorar seus modos durante as sessões. Brincadeiras em excesso, piadas de mal gosto, gargalhadas bizarras, comentários absurdos e até mesmo palavrões estão vazando durante as transmissões dos trabalhos pela internet. Mesmo com a TV Câmara fora do ar há quase um ano, a empresa TBL Comunicação, por iniciativa própria, vem mostrando os trabalhos dos parlamentares na íntegra, ao vivo, todas as terças e quintas-feiras por meio das redes sociais. O áudio que acompanha as imagens da câmera é captado diretamente da mesa de som oficial, portanto, tudo que é dito próximo a um microfone ligado, é ouvido no mesmo instante pelos telespectadores. Tem hora que dá aquela famosa vergonha alheia.

Nem aí

Em janeiro deste ano foi aprovada em Guarulhos lei do vereador líder do Governo, Dr. Eduardo Carneiro (PSB) que proíbe o uso de fogos de artifício que causem estampidos. O problema é que alguns munícipes imaginam que estão acima da lei ou apostam na impunidade. Quem quiser endoidecer com tanto barulho, pode se dirigir ao estádio Cícero Miranda em Vila Galvão, em todos os finais de semana e “aproveitar” o delicioso som das explosões. Será que não tem ninguém pra fiscalizar ou até mesmo orientar sobre a existência da legislação? Os moradores não aguentam mais…

Deixe seu Comentário