Casais usam a tecnologia a seu favor para começar um romance

Casais usam a tecnologia a seu favor para começar um romance

Mayara Nascimento

Conhecer pessoas pela internet era tido como um tabu, algo perigoso e mal visto. Hoje em dia, diversos aplicativos para celular facilitam os “matchs” de acordo com perfil, gosto pessoal e orientação sexual, como por exemplo, o Tinder, o Happn, eHarmony e Adote um Cara. As histórias de casais que se conheceram virtualmente crescem a cada ano, e até mesmo já viraram música, como o caso da famosa Jennifer do Tinder.

Daiane Moggi, 24 anos, e Luciano Tadeu, 30 anos, se conheceram no Tinder há três anos. “No começo não tínhamos intenção de namoro, mas nos víamos todos os dias. Quando percebemos já estávamos namorando”, afirmou Daiane.

Há um ano o casal decidiu noivar e o casamento está planejado para depois de 2020. “Às vezes nem parece que nos conhecemos por rede social. Temos uma ligação muito forte e pensamos muito parecidos”, contou.

Nem sempre é seguro conhecer pessoas virtualmente e é preciso ter muito cuidado. Daiane conta que antes do encontro pessoal, pesquisou todas as redes sociais de Tadeu, procurou conhecer seus amigos e onde trabalhava. “Avisei toda a minha família onde eu estava e com quem eu estava. Hoje você pode compartilhar sua localização com os amigos, o que torna bem mais seguro caso alguém precise te socorrer”, complementou.

Outro casal também já se aproveitou das redes sociais para se aproximar. É o caso de Tuyla Ananda Toledo Zarpão, 28 anos, e Jorge Augusto Toledo Zarpão, 24 anos, que se viram em um show, em Itaquera, em 2013, mas não trocaram nenhum contato. Tuyla pesquisou nas redes sociais e o encontrou no Facebook.

“Tínhamos amigos em comum, o que facilitou a busca. Achei o perfil dele, adicionei e começamos a conversar”, contou Tuyla. Depois de tanto tempo conversando, começaram a namorar e estão casados há um ano e meio. O casal comemora cinco anos de relacionamento.

Imagem: Divulgação

Deixe seu Comentário