Direto e Reto com Roberto Samuel

Direto e Reto com Roberto Samuel

Vai ou não vai?

Domingo, dia 14 de abril, estão previstas eleições do PSDB de Guarulhos. Duas chapas devem se enfrentar, uma encabeçada pelo empresário João Thomaz, a segunda chapa vem com o vereador Lauri Rocha. Essa eleição interessa muita gente de fora.

Penas voando legal

O ninho tucano local vem recebendo muitas ações, do comando estadual, com o intuito de destituir o Diretório Municipal, mas a direção nacional vem preservando a legalidade e a democracia.

No mínimo, 10%

O experiente advogado Sergio Delboni atual secretário estadual do PROS, avalia que as próximas eleições a vereador poderão ter resultados bem diferentes. Pela regra vigente um candidato precisa ter um número de votos igual ou maior que 10% do quociente eleitoral (que é a quantidade de votos válidos dividida pelo número de vagas em cada estado) para ser considerado eleito.

Os campeões

Assim, candidatos com potencial abaixo de mil votos voltarão a ser cabos eleitorais mesmo, diminuindo significantemente a pulverização de votos. Somando a isso, o número menor de partidos e de legendas, poderemos a voltar a ter vereadores com mais de 10 mil votos como ocorreu nas eleições de 1996.

Difícil de engolir

Nas eleições de 2016, tivemos a eleição do vereador Moreira com 1.966, o vereador 34°. E ficaram de fora Edmilson Americano com 5.234 votos, Elmer Japonês com 5096 votos e Roberto da Farmácia com 4423 votos.

Só pelo PT

Elói Pietá só sairá candidato a prefeito se for pelo Partido dos Trabalhadores. Ele me reafirmou isso na tarde de ontem via telefone. “Caso meu Partido não me queira como candidato, se meu Partido não ouvir o desejo popular não serei candidato”, declarou o ex-prefeito.

Dura lex

A vereadora Janete Pietá (PT) estava furiosa na última sessão da Câmara, pois uma ata entrou em votação, mas o documento não havia foi passado para os vereadores com 24 horas de antecedência como manda o regimento interno.

Logo na Semana Santa?

O presidente da Casa de Leis, Prof Jesus (sem partido) pediu licença por 15 dia para tratar da saúde. Em seu lugar de vereador assume o pastor Cristian (DEM) e na presidência, Eduardo Carneiro comandará o Legislativo.

Adios Amigo

Depois de 20 anos a Polícia Militar está deixando a base comunitária do Bom Clima.  O espaço foi construído com a ajuda de empresários, do Conseg Bom Clima e da comunidade da região. Segundo o presidente do Conseg Bom clima, Adalberto Argentino, a ordem veio do governo estadual. Assim, as bases Comunitárias do Taboão, Praça John Kennedy e da Vila Galvão também poderão ter o mesmo destino. Será que a GCM tem interesse e efetivo para ocupar esses espaços?

O difícil regresso

Pelo menos 20 ex-vereadores estariam dispostos a tentar voltar para a Câmara Municipal por meio dos votos dos eleitores. Há pelo menos uma meia dúzia que já tentou esse retorno, mas sem sucesso.

Deixe seu Comentário